quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo




O Pastor Lucinho, da Igreja Batista da Lagoinha de Belo Horizonte, gravou um vídeo onde se defende da repercussão de uma foto sua onde cheirava uma Bíblia com um gesto utilizado por usuários de cocaína. A foto divulgava um evento em outra igreja e gerou vários protestos em redes sociais.
Lucinho iniciou o vídeo contando sua história de vida e em seguida listou algumas “loucuras” que já fez pela Bíblia, em seguida fez uma série de críticas onde classifica o que seriam as atitudes que realmente desrespeitariam o Livro Sagrado e ao final revelou porque fez a controversa foto. “Eu cheirei a Bíblia porque a gente cheira tudo que ama: você cheira um prato de comida gostoso, você cheira um perfume, você entra dentro de um carro zero e cheira, você cheira a pessoa amada… e eu cheirei esse livro”, disse ele exibindo a Bíblia e citando a música “Exagerado” do falecido cantor ateu Cazuza. Ele completou ainda afirmando que “cheirei e vou continuar cheirando” e que aquela foto “é para aquela mãe que tem um filho usuário de crack, para uma vovó que está lutando por um netinho que não larga a cocaína. Aquela imagem não é para os sãos, é para os doentes”, defende ele.
No vídeo Lucinho afirma também que essa foi a menor loucura que já fez pela Bíblia, ele relata que já comeu o livro sagrado: “baseado no texto do velho e do Novo Testamento que diz que dois homens de Deus comeram a Bíblia (…) Eu disse vou comer a Bíblia, arranquei [as páginas] e fui pregando e comendo”, afirmou ele lembrando que a Bíblia era de papel vegetal e que fez isso durante uma pregação para milhares de jovens. Na Bíblia há três relatos parecidos com os citados pelo Pastor, um em Ezequiel 3:1-3, onde Deus dá um rolo para o sacerdote comer antes que ele vá para a casa de Israel, outro em Jeremias 15:11-16 onde após Deus fala com o profeta e ele afirma que comeu as palavras Dele; e o último em Apocalipse 10:9-10 onde o apóstolo João relata que comeu um pequeno livro que pediu para um anjo, porém, nenhuma passagem bíblica cita algum personagem bíblico comendo explicitamente a Bíblia ou algum pergaminho dela.
Pastor também relatou que anualmente separa 30 dias para ficar o tempo todo com a Bíblia em mãos ininterruptamente, “eu vou tomar banho com a Bíblia, eu vou dormir com ela, eu acordo com ela, eu vou na padaria com ela, eu faço academia com ela”, disse ele que já arrancou e plastificou as folhas da Bíblia para fazer uma camiseta e que também pretende decorar todo o novo testamento, entre outras “loucuras” pela Bíblia. Segundo ele a maior loucura que faz pelo livro sagrado é obedece-lo.
O Pastor Lucinho ainda destacou o que segundo ele seriam as quatro coisas que desrespeitam a Bíblia: não lê-la, não acreditar nela, não pratica-la e não divulga-la. Ele ainda destacou que muitos professores e políticos desrespeitam a Bíblia zombando dela ou posando de cristão e retirando-a de sua mesa após as eleições.

Vídeo: Pastor Lucinho fala sobre a foto em que cheira a Bíblia
Redação Gospel+

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Viagem Missionária





Queridos irmãos, estarei ausente por alguns dias, viajo hoje para o interior de Minas Gerais, próximo a divisa com a Bahia, não terei acesso a internet, pois o lugar para onde vou, não tem internet, telefone e nem o celular funciona lá, nossa congregação lá fica nas montanhas, entre Malacacheta e Setubinha, na comunidade dos caranguejos, conto com as orações dos irmãos, é um lugar de muito difícil acesso, se estiver chovendo, ninguém sobe nem desce, estaremos em Malacacheta no sábado a tarde, realizaremos um culto no sábado, outro no domingo a tarde, depois partiremos para Norete que fica a aproximadamente duas hora de viagem, em Norete estaremos iniciando uma frente Missionária, Norete não tem nenhuma Igreja Evangélica, e a resistência é muito grande, peço que os irmãos estejam orando por este trabalho, devo voltar na segunda feira, chego em Cabo Frio na terça feira, ao chegar estarei compartilhando vitórias e conquistas com os irmãos, DEUS abençoe a todos!!

Missões, um investimento de consequências eternas



Jesus, o Filho de Deus, deixou a glória que tinha com o Pai, no céu, e veio ao mundo, encarnou-se e habitou entre nós. Veio como nosso representante e substituto. Veio para morrer em nosso lugar. Seu nascimento foi um milagre, sua vida foi um exemplo, sua morte foi um sacrifício vicário, sua ressurreição uma vitória retumbante. Jesus concluiu sua obra redentora e comissionou sua igreja a ir por todo o mundo, proclamando o evangelho a toda a criatura. Por essa razão, a obra missionária merece nossos melhores investimentos. Destacamos, aqui, dois investimentos que devemos fazer na obra missionária:


Em primeiro lugar, o investimento de recursos financeiros. A Bíblia diz que aquele que ganha almas é sábio (Pv 11.30). Investir na obra missionária é fazer um investimento para a eternidade; é fazer um investimento de consequências eternas. Nada trouxemos para este mundo nem nada dele levaremos. Os recursos que Deus nos dá não são apenas para o nosso deleite. Devemos empregar, também, esses recursos para promover o reino de Deus, levando o evangelho até aos confins da terra. A contribuição cristã não é um peso, mas um privilégio; não é um fardo, mas uma graça. Deus nos dá a honra de sermos cooperadores com ele na implantação do seu reino. Não fazemos um favor para Deus contribuindo com sua obra; é Deus quem nos dá o favor imerecido de sermos seus parceiros. Estou convencido, portanto, de que a melhor dieta para uma igreja é a dieta missionária. Quando Oswald Smith chegou à Igreja do Povo, em Toronto, com vistas a assumir o pastorado daquela igreja, fez uma série de conferências de uma semana. Nos três primeiros dias pregou sobre missões. A liderança da igreja reuniu-se e disse ao pastor que a igreja estava com muitas dívidas e que aquele não era o momento oportuno de falar sobre missões. Smith continuou nessa mesma toada e no final da semana fez um grande levantamento de recursos para missões. O resultado é que aquela igreja, por longas décadas, jamais enfrentou crise financeira. Até hoje, ela investe mais de cinquenta por cento de seu orçamento em missões mundiais.



Em segundo lugar, investimento de vida. A obra de Deus não é feita apenas com recursos financeiros, mas, sobretudo, com recursos humanos. Fazemos missões com as mãos dos que contribuem, com os joelhos dos que oram e com os pés dos que saem para levar as boas novas de salvação. Tanto os que ficam como os que vão são importantes nesse processo de proclamar o evangelho de Cristo às nações. Os missionários que vão aos campos e as igrejas enviadoras precisam estar aliançados. William Carey, o pai das missões modernas, disse que aqueles que seguram as cordas são tão importantes como aqueles que descem às profundezas para socorrer os aflitos. Os que guardam a bagagem e os que lutam no campo aberto recebem os mesmos despojos. Devemos fazer missões aqui, ali e além fronteiras concomitantemente. Devemos empregar o melhor dos nossos recursos, o melhor do nosso tempo e da nossa vida para que povos conheçam a Cristo e se alegrem em sua salvação. Alexandre Duff, missionário presbiteriano na Índia, retornou à Escócia, seu país de origem, depois de longos anos de trabalho. Seu propósito era desafiar os jovens presbiterianos a continuarem a obra missionária na Índia. Esse velho missionário, numa grande assembleia de jovens, desafiou-os a se levantarem para essa mais urgente tarefa. Nenhum jovem atendeu seu apelo. Sua tristeza foi tamanha, que ele desmaiou no púlpito. Os médicos levaram-no para uma sala anexa e massagearam-lhe o peito. Ao retornar à consciência, rogou-lhes que o levassem de volta ao púlpito, para concluir seu apelo. Eles disseram: “O senhor não pode”. Ele foi peremptório: “Eu preciso”. Dirigiu-se, então, aos moços nesses termos: “Jovens presbiterianos, se a rainha da Escócia vos convidasse para ir a qualquer lugar do mundo como embaixadores, iríeis com orgulho. O Rei dos reis vos convoca para ir à Índia e não quereis ir. Pois, irei eu, já velho e cansado. Não poderei fazer muita coisa, mas pelo menos morrerei às margens do Ganges e aquele povo saberá que alguém o amou e se dispôs a levar-lhe o evangelho”. Nesse instante, dezenas de jovens se levantaram e se colocaram nas mãos de Deus para a obra missionária!



Fonte: Rev. Hernandes Dias Lopes em seu blog

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Valdemiro Santiago da Igreja Mundial do Poder de Deus diz durante culto que tem dívidas no valor de 30 milhões de reais


Valdemiro Santiago chora na TV

Valdemiro Santiago anda dizendo em seus cultos que está devendo 30 milhões de reais para as emissoras em que aluga horários – no caso, Band, Rede TV! e CNT.

Recentemente, Valdemiro conseguiu arrecadar sete milhões de reais com um discurso semelhante para os fiéis da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Fonte: Lauro Jardim na Veja
Via: http://libertosdoopressor.blogspot.com.br

EUA - Mais de 10.000 igrejas se unem para trazer as pessoas de ‘Volta às Igrejas no Domingo’


Milhares de congregações nos Estados Unidos estão se comprometendo a participar de um evento de âmbito nacional destinado a alcançar os sem-igreja.

"Volta Nacional para a Igreja Domingo", previsto para 16 de setembro, tem mais de 10.000 igrejas oficialmente listadas como participantes do evento.

"É a maior sensibilização anual única da comunidade no país, compartilhando a mensagem simples e missão de convidar a todos nos Estados Unidos a ‘Voltar para a Igreja’", diz o site do evento.

"A campanha fortalece igrejas e membros da igreja com as ferramentas de que precisam para acolher os seus vizinhos, amigos e entes queridos de volta à igreja, ao fornecer os sem igreja uma maneira fácil de encontrar uma igreja acolhedora em sua comunidade."

"Volta Nacional para a Igreja Domingo" é organizado em parte pela Outreach, Inc., uma organização formada em 1996 que visa proporcionar igrejas com produtos de divulgação.

Kim Flynn, gerente de marketing do projeto para a Divisão de Produtos de Outreach, Inc., destacou que o evento é "baseado no princípio simples de que 82 por cento das pessoas vêm à igreja se forem convidados por um amigo, e apenas 2 por cento dos membros da igreja convidam amigos sem igreja para a igreja."

"Desde 2009, o Volta Nacional para a Igreja Domingo inspirou fiéis a convidar mais de 2,6 milhões de membros da família, amigos, vizinhos e colegas de trabalho para as suas igrejas. Ano passado, 7.600 igrejas participaram. A partir deste ano mais de 10.000 congregações participaram o evento".

Os organizadores do evento Voltar à Igreja têm usado as mídias sociais como um meio de divulgação. Isso inclui o uso de "e-Vites", uma página do Facebook que tem neste momento mais de 9700 pessoas curtindo, e um vídeo do YouTube do "Rap Pastor", que foi publicado em junho e, desde então, ganhou mais de 76 mil visualizações.

Os organizadores do Volta Nacional para a Igreja Domingo esperam que mesmo depois que 16 de setembro veio e se foi, a mensagem de seu evento continue a crescer.

"Em uma cultura onde ‘igreja’ perdeu significado importante para muitos esperamos que as pessoas descubram como eles podem alcançar seu potencial dado por Deus e como eles podem transformar suas vidas e da comunidade", disseram os organizadores em um comunicado.

"Nós desenvolvemos o Desafio da Igreja de 30 dias e está atraindo milhares de igrejas a examinar seus propósitos fundamentais. Em um foco concentrado através de uma variedade de meios de escrituras em Atos, congregações redirecionam para alcançar seu potencial bíblico e transformar suas comunidades."



Fonte: The Christian Post 

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A missão da Igreja é Eterna


DE 


A missão da Igreja é eterna. Sua origem está na eternidade e seu destino é a eternidade. Plano de redenção de Deus para este mundo caído não era um adendo ou uma expressão de um plano B. Em vez disso, antes que o mundo foi criado até mesmo, em toda a eternidade Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo tinha um pacto entre si que chamamos de Pacto da Redenção.
Era desígnio eterno de Deus na eternidade a manifestar o seu plano de redenção e da criação de sua igreja. O Pai da eternidade concordou em enviar a segunda pessoa da Trindade, o Filho ao mundo para realizar este plano de redenção.Juntos, o Pai eo Filho concordou em enviar o Espírito Santo para aplicar o trabalho realizado de redenção para o povo de Deus.
Assim, a missão da igreja começa com a missão de a segunda pessoa da Trindade.A missão envolve um envio. O Pai envia o Filho ao mundo, a fim de efetuar o plano eterno de Deus de redenção. Essa missão é realizada pelo Filho. Como a Sua missão foi cumprida Ele ordenou a Seu povo, aqueles que crêem no seu nome, para ir por todo o mundo, a proclamar o evangelho a todas as pessoas, que o Reino de Deus pode ser conhecido por toda a terra e ao longo dos tempos. A missão da igreja começou com um mandato dado à igreja, por Aquele cuja missão era cumprir todas as coisas que o Pai o enviou para fazer. Então, Ele disse: "Como o Pai me enviou, eu vos envio." Olhando para trás, vemos que a missão da igreja começou na eternidade com o acordo na Divindade entre o Pai, o Filho eo Espírito Santo, e no final desse missão se manifesta na redenção eterna que Deus a experiência das pessoas.
A realeza de Cristo é aquela que dura para sempre. Ele é o Rei dos Reis, Senhor dos Senhores e Ele reinará para todo o sempre. Nesse reino eterno Sua igreja, que é composta de Seu povo vai entrar em seu triunfo e participar de Sua glória como o reino de Cristo dura para sempre. Vemos, então, que não há fim para a missão da igreja que não seja o seu destino eterno de salvação e glória. Precisamos entender que a missão da Igreja não é uma questão temporária. Não é uma preocupação que apenas começou no dia do Antigo Testamento e chegou a sua conclusão no final da antiga criação. É uma missão das idades e pelos séculos e para as idades. A igreja deve entender que a sua missão é a que importa eternamente. É uma missão que não pode ser considerada como sendo de importância secundária.
A busca do reino de Deus é o negócio central da igreja. Nosso Senhor ordenou que devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus ea sua justiça e todas as outras coisas serão acrescentadas a nós. Portanto, não há maior prioridade para a igreja, então o testemunho fazendo manifesto e rolamento para o Reino de nosso Salvador. Este é um destino eterno com conseqüências eternas e é de importância eterna. Tudo o que a igreja faz hoje e amanhã assuntos e conta sempre.

Trecho de RC Sproul contribuição na  missão de Deus Estudo Bíblico (Holman Bible Publishers, 2012)

terça-feira, 21 de agosto de 2012

‘Iemanjá não é dona deste país, Jesus Cristo é o dono’, diz pastor Paschoal Piragine


Iemanjá, a divindade africana que foi apresentada como a cara do Brasil no encerramento das Olimpíadas 2012, não é a “dona deste país”, afirmou o pastor Paschoal Piragine, presidente da Convenção Batista Brasileira.


Piragine, que é pastor da Primeira Igreja Batista de Curitina (PIB-Curitiba), disse na sua pregação deste domingo que ficou muito triste sobre o altar que foi levantado no final das Olimpíadas de Londres 2012, dedicado à Iemanjá.



Divindade africana Iemanjá é apresentada como a cara do Brasil no encerramento das Olimpíadas de Londres 2012.



“Iemanjá não é dona deste país, Jesus Cristo é o dono deste país”, afirmou ele com indignação.



O episódio chocou a muitos líderes cristãos num país que é considerado o segundo maior país evangélico bem como o maior país católico do mundo em termos de número de adeptos.



Paschoal Piragine comentou sobre o tema da Iemanjá em meio ao seu sermão sobre o significado do altar na vida de Abraão, na passagem de Gênesis 12: 6-9, onde fala que Abraão construiu um altar para Deus.



Segundo ele, o altar serve para celebrar o pacto com Deus e oferecer a adoração a Ele, significando também um marco de posse de uma promessa e consagração do dono de uma terra.



Piragine explica que, geograficamente, o dono do lugar é aquele a quem se dedica o altar. Assim, os que consagram um lugar a deuses que não o Deus maior, estão afirmando que o dono da terra são tais deuses.



Citando a passagem de 1 Coríntios 10: 14-15, (“Portanto, meus amados, fugi da idolatria …) ele explica também que quando se tira Jesus do centro da adoração o crente está colocando uma figura secundária. Segundo a Bíblia, ele diz, isso é idolatria.



Piragine relembra ainda que a verdadeira adoração é “quando eu me coloco no altar de Deus. Eu sou a maior oferenda”, diz citando Romanos 12:1 “Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.”



Com relação a adoração de outros deuses, a exemplo de Iemanjá, essas não são expressões meramente culturais afirma ele, essas são expressões “tremendamente” espirituais. De acordo com ele, cada vez que as pessoas lidam com essas entidades, muitas ficam possessas por satanás.



“Porque atrás dessas figuras existem demônios. Só existe um mediador entre Deus e os homens. Jesus Cristo. Ele é o único que leva a nossa oração ao pai. A Bíblia ensina que a oração dos crentes é direta a Deus”.



“Jesus é o nosso sumo-sacerdote que intercede por nós. Ele é o nosso advogado que luta pelas nossas causas. Ele é o nosso libertador e transformador.”



E ele urge que “Quando a gente constrói um altar na nossa vida, na nossa casa, na nossa cidade, deve ser para Jesus, porque fora isso estamos indo pelos caminhos da idolatria.”


Fonte: The Christian Post
-------------------------
Via: http://libertosdoopressor.blogspot.com.br

Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado.

Roménia

Na Romênia , um homem dizia sempre a seu filho:
- Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado.

Houve, nesta época um terremoto de intensidade muito grande, que quase alisou as
construções lá existentes nesta época. Estava nesta hora este homem em uma estrada.

Ao ver o ocorrido, correu para casa e verificou que sua esposa estava bem, mas seu
filho nesta hora estava na escola.
Foi imediatamente para lá.

E a encontrou totalmente destruída. Não restou, uma única parede de pé. Tomado de
uma enorme tristeza. Ficou ali ouvindo, a voz feliz de seu filho e sua promessa
(não cumprida), "Haja o que houver, eu estarei sempre a seu lado".

Seu coração estava apertado e sua vista apenas enxergava a destruição. A voz de
seu filho e sua promessa não cumprida, o dilaceravam.

Mentalmente percorreu inúmeras vezes o trajeto que fazia diariamente segurando sua
mãozinha. O portão (que não mais existia); corredor. Olhava as paredes, aquele rostinho
confiante. Passava pela sala do 3º ano , virava o corredor e o olhava ao entrar.

Até que resolveu fazer em cima dos escombros, o mesmo trajeto. Portão, corredor, virou
a direita e parou em frente ao que deveria ser a porta da sala. Nada! Apenas uma pilha
de material destruído. Nem ao menos um pedaço de alguma coisa que lembrasse a
classe. Olhava tudo desolado.

E continuava a ouvir sua promessa:
"Haja o que houver, eu sempre estarei com você".

E ele não estava... Começou a cavar com as mãos. Nisto chegaram outros pais, que
embora bem intencionados, e também desolados, tentavam afastá-lo de lá dizendo:
- Vá para casa. Não adianta, não sobrou ninguém.
- Vá para casa.

Ao que ele retrucava:
- Você vai me ajudar?

Mas ninguém o ajudava, pouco a pouco, todos se afastavam. Chegaram os policiais, que
também tentaram retirá-lo dali, pois viam que não havia chance de ter sobrado ninguém
com vida.
Existiam outros locais com mais esperança. Mas este homem não esquecia sua promessa
ao filho, a única coisa que dizia para as pessoas que tentavam retirá-lo de lá era:
- Você vai me ajudar?

Mas eles também o abandonavam. Chegaram os bombeiros, e foi a mesma coisa...
- Saia daí, não está vendo que não pode ter sobrado ninguém vivo?

Você ainda vai por em risco a vida de pessoas que queiram te ajudar pois continuam
havendo explosões e incêndios.
Ele retrucava :
- Você vai me ajudar?
- Você esta cego pela dor não enxerga mais nada.
- Você vai me ajudar?

Um a um todos se afastavam. Ele trabalhou quase sem descanso, apenas com pequenos
intervalos mas não se afastava dali. 5h / 10h / 12h / 22h / 24h / 30h .
Já exausto, dizia a si mesmo que precisava saber se seu filho estava vivo ou morto.
Até que ao afastar uma enorme pedra, sempre chamando pelo filho ouviu:
- Pai... estou aqui!

Feliz fazia mais força para abrir um vão maior e perguntou:
- Você esta bem?
- Estou. Mas com sede, fome e muito medo.
- Tem mais alguém com você?
- Sim, da classe, 14 estão comigo estamos presos em um vão entre dois pilares.
- Estamos todos bem.

Apenas conseguia ouvir seus gritos de alegria.
- Pai, eu falei a eles: Vocês podem ficar sossegados, pois meu pai irá nos achar.
- Eles não acreditavam, mas eu dizia a toda hora...
- Haja o que houver, meu pai, estará sempre a meu lado.
- Vamos, abaixe-se e tente sair por este buraco .
- Não! Deixe eles saírem primeiro...
- Eu sei; que haja o que houver...
- Você estará me esperando!


(autor desconhecido)

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Igrejas históricas sofrem retração no Brasil, neopentecostais crescem, diz pesquisa








(Foto: Divulgação)
Marcha evangélica 2012 em São Paulo.


Dentro da grande explosão evangélica no Brasil, uma pesquisa mostrou que as igrejas protestantes históricas ou “igrejas evangélicas de missão” estão em retração, enquanto as igrejas de origem pentecostal se expandem.

O Bureau de Pesquisa e Estatística Cristã (BEPEC) analisou os microdados referentes às religiões do Censo demográfico 2010 liberado recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Brasil.

De acordo com a análise, muitas igrejas do grupo “igrejas evangélicas de missão” mostraram uma redução durante o período da análise2000 a 2010. Entre elas estão, a igreja congregacional com diminuição de 26,37%, a Luterana com - 5,9%, a presbiteriana com - 6,10% e metodista com - 0,01%, entre outras.

Dentro do grupo, obtiveram crescimento as igrejas batistas com 17,74% e adventistas, com 29,03%. As igrejas evangélicas de missão apresentaram um total de crescimento de 10,76%.

Enquanto isso, as igrejas de origem pentecostal como a Assembleia de Deus, a Igreja Universal do Reino de Deus, a Igreja Maranata, entre outras, mostraram um crescimento total de 44,01%. A igreja com maior crescimento foi a igreja Assembleia de Deus com 46,28%, em seguida a Igreja Evangelho Quadrangular com 37,12%, e depois a Igreja Universal do Reino de Deus com 28,37%.

Apesar dos dados, existe a possibilidade que a tendência de retração das igrejas históricas no Brasil sofra uma reversão. Segundo o diretor do BEPEC, Danilo Fernandes, existe um crescente interesse da nova geração de protestantes históricos no aprimoramento do conhecimento teológico e pela produção literária, observado através da significativa adesão do grupo às ofertas de eventos como congressos e seminários no país.

Danilo afirma também que dissenções e escândalos constantemente apontados nas grandes denominações pentecostais podem ajudar para que haja uma tendência de retração dessas igrejas. “A rota de muitos decepcionados com a igreja, os órfãos das promessas não cumpridas, é a ortodoxia.

Esta não é a estrada mais ampla, mas é uma artéria importante, de formadores de opinião”, afirmou ele, segundo a publicação Genizah.

“O crescimento deste grupo têm alimentado nos últimos anos as igrejas tradicionais que sofreram sangrias na primeira metade do último decênio. Eu creio em um retorno”, acrescentou.

Além disso, Fernandes afirma que há um crescimento de novas comunidades alinhadas com a teologiareformada, que não foram contabilizadas no Censo.
De acordo com os dados do crescimento evangélico no Brasil pelo censo 2010, a população evangélica cresceu em 16 milhões de pessoas, saltando para um total de 42,3 milhões de evangélicos no país.

Fonte: http://portugues.christianpost.com/news/igrejas-historicas-sofrem-retracao-no-brasil-neopentecostais-crescem-diz-pesquisa-12169/ Acesso 16/08/12

sábado, 18 de agosto de 2012

Família de pastor é atacada no Sri Lanka


Família cristã atacada no Sri Lanka.jpg

Ataques terríveis e constantes ameaças contra líderes e demais membros da Igreja têm intensificado a pressão sobre a comunidade cristã que vive vulnerável no Sri Lanka. 

No último dia 9, um pastor idoso e sua esposa foram atacados por cerca de 40 homens, entre eles cinco monges budistas e o secretário-adjunto do governo local. O casal e sua filha moram em Deniyaya, no distrito de Matara. Eles retornavam de uma visita a outro cristão quando sua moto foi fechada por um veículo 4X4, jogando a mulher no chão. 

Os criminosos desceram do carro e, carregando pedras, gritavam: “Ataquem, matem!” O pastor foi arrastado pelo chão e agredido pela multidão. Eles o acusaram de difundir o cristianismo e ameaçaram matá-lo se ele não parasse. 

O pastor sofreu ferimentos nas pernas e no corpo. Seus cartões, assim como os de sua esposa foram levados. Ambos os celulares, Bíblias e documentos também foram roubados. No dia seguinte, uma pessoa que fingiu ser o líder religioso realizou chamadas falsas para diversos membros da igreja pedindo para encontrá-lo.
Mais ataques aterrorizam os cristãos em Deniyaya
Pouco depois do atentado ao casal, os mesmos malfeitores ameaçaram uma cristã em sua casa, em Deniyaya, ordenando-lhe que saísse da cidade dentro de três dias. Outro membro da igreja que chegou ao local no exato momento em que a repressão acontecia, também foi ameaçado e teve sua carteira e documentos tomados. 

Na semana anterior a tais incidentes , a casa de um pastor em Pokunawita, no distrito de Horana Kaluthara, foi atacada no meio da noite, enquanto a família toda dormia (ele, a esposa e seus quatro filhos). Os agressores quebraram todas as janelas. Cacos de vidro caíram sobre a cama onde o caçula de 3 anos estava; felizmente ele não foi ferido. 

Ao visitar membros da igreja em uma vila próxima, ele havia sido previamente informado de que um grupo de monges budistas se preparava para atacá-lo. O pastor chamou a polícia, mas eles ignoraram o apelo e não atenderam à ocorrência.

Os últimos acontecimentos deixaram seus três filhos mais velhos traumatizados, temendo por sua segurança dentro de sua própria casa. Oremos para o Senhor conformar seus corações e lhes dar força para seguir em frente mesmo em meio a tantas dificuldades.
FonteBarnabasAid
TraduçãoAna Luíza Vastag

Atleta evangélico Tim Tebow posa para revista GQ como “Jesus Sexy” e causa polêmica


Críticos se escandalizam com imagens consideradas “sensuais” do atleta norte-americano

O quarterback do New York Jets, Tim Tebow, conhecido por compartilhar sua fé cristã, fez um ensaio fotográfico para a revista norte-americana GQ. Mas as imagens estão causando polêmica por estarem sendo consideradas sensuais e foram apelidadas por um radialista de “Jesus sexy”.

Craig Carton, que comanda o programa de rádio “Boomer e Carton”, acusou Tebow de ser uma fraude na foto em que aparece com os braços esticados e as pernas cruzadas, lembrando a figura de Jesus na cruz. Ele classificou como “asquerosa” a imagem de Tebow.

“Isso não seria uma blasfêmia?”, perguntou.

O título da matéria é bem provocativo: “Você já aceitou a Tim Tebow como seu quarterback e salvador dominical?”, pergunta a revista.

Tebow não esconde sua fé e isso tem levantado fãs em todo o país. Ele já foi convidado para pregar em várias igrejas e possui atualmente 1,8 milhões de seguidores no Twitter. Seu costume de se ajoelhar e orar durante os jogos de futebol já foi apelidado de “Tebowing”.

Após receber felicitações por seu aniversário de 25 anos, ele postou em sua conta no microblog: “Obrigado a todos pelos votos de feliz aniversário e pelas orações! Salmo 118:24. Deus abençoe, Jets Let Go”, escreveu ele.

Apesar de ter sido publicada só agora, as fotos foram feitas há três anos, quando Tebow jogou no Gators, time da Flórida.

O jogador é filho de missionários e ajudou o time de futebol a ganhar dois campeonatos nacionais durante as temporadas de 2006 e 2008.



Fonte: Gospel Prime
Via: http://libertosdoopressor.blogspot.com.br

Quem não lê bíblia inventa historia: Caçando dentes na boca de um sapo!



É muito comum escutar nos cultos e nas escolas bíblicas de muitas denominações que essa ou aquela marca é do "demo", que fulano e sicrana venderam a alma para o "cão" para alcançarem o sucesso com seus CDs e programas de TV ou empresas que fizeram um pacto com o demônio para tornar o seu produto rentável e bem aceito pelo público e em troca difundir o anti-cristo e o seu reino. Algumas afirmações chegam a ser absurdas e muitas até hilárias, chegando ao ponto de alguns lideres mais exaltados exigirem que seus fiéis queimem suas roupas de determinada marca ou deixem de consumir um determinado produto. Parece até piada (de mau gosto)!

Não estou afirmando aqui que isso não exista ou que eu não creia que haja pessoas e empresas que façam tais pactos, apenas ando muito preocupado com a enxurrada de "baboseiras gospel"que tem invadido nossas igrejas, nossos cultos e nossos lares, sem que os seus propagadores (pastores, lideres, professoras de escola dominical, etc.) tenham o devido cuidado de estudar e pesquisar o assunto antes de sair disseminando bobeiras e dando falsos testemunhos a "torto e a direito", sendo alvos de chacotas por não conseguirem provar o que estão dizendo e desacreditados ao depararem com algum fiel ou aluno mais esclarecido que questionam tais afirmações.

Esses irmãozinhos mais esclarecidos são sempre tachados de incrédulos e acusados de estarem cegos e influenciados pelo "poder do inferno" contido nas roupas da tal marca que estão usando ou nos produtos que tem guardado na geladeira, os quais foram "oferecidos e dedicados ao capeta" e que se recusam a queimar ou jogar fora sem uma abordagem mais profunda e sólida, baseadas em fatos e dados, não apenas em histórias contadas por beltranos ou publicadas em sites duvidosos (sempre sem a indicação da fonte ou do autor) ou nas imaginações férteis de algumas pessoas que espiritualizam e demonilizam/diabolizam (se não existem essas palavras, então perdão, pois acabei de inventar!) tudo.

Gostaria de apresentar alguns exemplos de tais "baboseiras gospel" que já se tornaram "cult" no meio evangélico brasileiro:

1) Maionese Hellmann's








Possível pacto:


O nome Hellmann's significaria "homens do inferno", onde Hell = inferno e mann's = homens.

Refutação:


a) Homem em inglês é man (singular) e homens é men (plural) e não mann's. Outro detalhe está no apóstrofo (') antes da letra "s" ('s) que na língua inglesa indica propriedade ou posse, sendo assim Hellmann's significa "do Helmman".

b) O nome Hellmann's é devido ao sobrenome do imigrante alemão Richard Hellmann que, em 1903, chegou aos Estados Unidos e dois anos depois, inaugurou sua delicatessen em Nova York. O grande diferencial era o molho que Hellmann colocava nas saladas prontas que vendia. Este saboroso molho era a própria maionese fabricada por sua esposa.

Fica claro que a tradução "homens do inferno" é inaceitável, tanto pela semântica da língua inglesa, como por ser um sobrenome de origem alemã (toda a família Hellmann são "homens do inferno"?). Pronto, já não precisa mais jogar fora o seu pote de maionese, a não ser que esteja precisando de um regiminho.

2) Fido Dido








Possível pacto:

Fido Dido significa, num dialeto francês antigo, algo equivalente a "filho do diabo". Alguns sites alegam que o guri que estampa as camisetas da moçada seria uma imagem do movimento nova era e significaria o desleixo e a irresponsabilidade da juventude dos últimos tempos.

Refutação:

Fido Dido (pronuncia-se Faido Daido) é um personagem gráfico alto, magricela e com fios de cabelo espetados, trajando tênis, bermuda e camiseta que traduz o jeito excêntrico e descompromissado dos adolescentes. Foi criado em 1985, num guardanapo de bar em Nova York e é uma licença americana que representaria um jovem consumidor.

O primeiro nome viria do latim fidelis (fiel), e Dido foi uma rainha de Cartago, cidade rival de Roma antiga que tinha espírito jovem e alegre.

Fido Dido já foi usado para apoiar campanhas de grandes marcas de consumo, como fez a então Pepsi-Cola Brasil, em 1992, ao relançar no país o refrigerante sabor limão Seven Up, seguindo estratégia global. A empresa esperava conquistar 15% do mercado total de refrigerantes no Brasil em um ano com o apoio do personagem mas não funcionou (será que o tal pacto com o "filho do diabo" falhou?).

Afirmam que Fido Dido é uma expressão de um dialeto francês antigo, equivalente a "filho do diabo" só que ninguém conhecido (e respeitável) assina ou abona essa informação. Além disso, ninguém respeitável conhece o tal dialeto (?!) francês, até porque a língua francesa superou há séculos seus dialetos. Portanto, não precisa queimar e nem deixar de comprar suas roupas onde tem o tal mancebo estampado (a não ser que seja pirata, ok?!), pois trata-se de mais um boato entre tantos nos arraias evangélicos.

3) Hello Kitty







Possível pacto:

a) A palavra Hello, em inglês quer dizer olá. A palavra Kitty, é de origem chinesa e quer dizer demônio. Logo, Hello Kitty quer dizer: "olá demônio".

b) A desenhista da Hello Kitty estava grávida e o médico afirmou que o bebê teria várias deformações. A criança nasceu com tudo perfeito, mas com o passar dos dias foi percebido que seria uma criança muda, por isso em homenagem a sua filha, ela fez a Hello Kitty, sem a boca, mas perfeita, e linda.

c) Outra versão da história acima é que a Hello Kitty não tem boca, devido ao caso da garotinha ter nascido com um câncer na boca.

d) A Hello Kitty é um símbolo da nova era. A nova era é uma seita que vai contra todos os princípios de Deus. Ela busca criar símbolos "bonitinhos" para agradar a todos.

e) Hello Kitty vem da palavra "elohit" que em africano quer dizer demônio.

Refutação:

A Hello Kitty (Harokiti) foi criada originalmente pelo designer Ikuko Shimizu em 1974 (e não pela tal mulher grávida que deu à luz uma garotinha sem boca - logicamente muda - corroída por um câncer) para a empresa japonesa Sanrio. O personagem é a figura de uma gata branca com traços humanos que usa um laço ou flor na orelha esquerda e não possui boca. Nos desenhos animados Hello Kitty tem uma boca. Repararem que ela também não tem sobrancelhas (será outra pegadinha do tinhoso?!).

A bonequinha em forma de uma gatinha recebeu o nome em inglês porque a cultura britânica era popular entre as garotas japonesas na época da sua criação. O nome Kitty veio de um dos gatos que Alice criava no livroThrough the Looking-Glass de Lewis Carroll e não do idioma chinês ou do tal africanês (acho que inventei outra palavra... estou ficando bom nisso!). Aliás, sobre o suposto nome africano, que significaria "diabo", gostaria que me explicassem, apenas, em qual língua/dialeto foi encontrada tal expressão, pois na África existem centenas de línguas e dialetos. Não existe a língua "africana"!

Hello Kitty significa simplesmente "Olá, gatinha", então meninas, não precisam mais ficar com medo da mudinha vir te pegar de noite.

4) Coca Cola







Possível pacto:

Pegando o logotipo da Coca-Cola e virando ao contrário lemos a mensagem "alo diabo".



Refutação:
Essa é clássica! Precisa muita imaginação e uma tremenda vontade de "enxergar" o que se quer ver (ou o que querem que veja) aqui. Eu já virei o rótulo de tudo quanto é jeito e não consigo ver nada (será que fui cegado pelo inimigo?!) Confesso que até a palavra "alo" eu consigo identificar (devo estar apenas meio cego) mas o nome do "diacho" tá difícil de achar. Imaginação nunca foi o meu forte!








No lugar onde teria que aparecer o tal nome do diabo, a letra "d" não existe, nem a "i" e nem a "b". Eu, pelo menos, não consigo ver e nem identificar aquelas letras (devem ser do tal dialeto africanês ou francês!). Além do mais, Coca-Cola é uma marca americana vendida no mundo todo, então qual seria a vantagem para o "caramunhão" de se escrever uma mensagem subliminar em português?! Só se os donos da Coca-Cola estiverem de olho no mercado brasileiro por causa da concorrência da Dolly (vou virar o rótulo da Dolly também para ver se acho alguma coisa!)

Conclusão

Poderia estender esse artigo o quanto eu quisesse, pois exemplos de baboseiras gospel não faltam: a cruz invertida dentro de uma moto de marca famosa, uma fábrica de produtos de higiene pessoal que financia o movimento nova era, uma linha de perfumes bastante conhecida que fez um pacto para vender mais, e quem foi criança na década de 80 (assim como eu) irá se lembrar bem do boneco Fofão que "tinha um punhal dentro do corpo e que de noite tomava fôlego e matava as criancinhas desamparadas e entregues em seu soninho angelical, desferindo cruéis e mortais punhaladas". Essa história do Fofão começou como uma piada do filme Chuck e caiu na boca dos abençoados irmãos e irmãs que tem o "dom de línguas compridas" e se espalhou pelas igrejas de todo o país.

Amados pastores, lideres e professoras, tomem muito cuidado com o que vão pregar, ensinar e dizer nos seus púlpitos e classes. Estudem, analisem, ponderem. Não acreditem em tudo o que ouvem ou lêem, especialmente na Internet. Precisamos ter muito cuidado com esses tipos de informações que correm no movimento gospel, sempre injuriando e difamando sem provas algumas marcas ou empresas, atribuindo seus serviços e produtos à supostos pactos com o diabo. Isso é muito comum entre os evangélicos.

A Bíblia diz que nossa oração purifica as coisas que usamos (Cl 2.20-23; 1Tm 4.4-5) e nos aconselha a examinar tudo, retendo o que é bom. (I Ts. 5:21).

Fonte: Programa de incentivo à leitura da Bíblia

Via: http://naverdadeenoamor.blogspot.com.br

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

MISSIONÁRIOS E MISSIONÁRIOS


 
Escritor Pr. Teófilo Karkle

Existem Missionários consagrados e os auto-consagrados. Como em todas as profissões existem Profissionais e profissionais, uns com talentos, dons e experiências, outros com intenções, manobras e aparências. Quando se trata de Missionários, também tem Missionários e missionários. Onde podemos perceber o missionário que não é verdadeiro? Podemos já de início descobrir se eles são ordenados ou tomaram o título para si, estes que auto-tomaram para si o nome missionário como sendo uma função de menor grau, como que não necessitava ter o reconhecimento de Deus e nem dos homens, deixa de ser um missionário verdadeiro. Tampouco se pode chamar um missionário como um título de carinho, pode ser bonito, mas é ilegal diante de Deus. Não podemos tratar de missionários aqueles que evangelizam num lugar difícil. Ninguém pode tomar uma auto-função para si mesmo, essa atitude é condenada pela Bíblia: (Hebreus 5:4) “Ninguém toma para si esta honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão”. Um verdadeiro missionário não se antecipa a benção da consagração, se Deus falou com ele, terá que esperar pelo tempo de Deus para ser consagrado.

Existem Missionários capacitados e os desprovistos de preparos. Missionários de verdade terão de Deus muitas capacidadesequilíbrios e a sabedoria para viver qualquer circunstâncias delicadas com tato e habilidade. Nesta área da prudência, muitos missionários tem tropeçado, cometidos erros, causadas grandes tristezas. Inicialmente diante de uma cultura diferente que não é a sua, o missionário não pode cometer erros falando aos nativos sobre o desagrado da comida deles: ‘essa comida eu não gosto’ ou então em expressões de desprezo tais como: ‘esse povo é lerdo, sujo, mentiroso.’ O Missionário Missionário ele abre mão da sua nação, dos seus costumes, do letreiro da sua igreja, e de qualquer coisa que possa ser superior ao país que esta missionando, para poder aceitar a nova cultura do geito que ela é. O Evangelho tem o poder de mudar pessoas e caráter, sim precisar mudar a cultura. O Missionário Missionário tem que pregar o evangelho e não denominações. Pregar a palavra e não costumes. Falar de Jesus e não dos letreiros.

Se tudo no Brasil for Missões, nada será Missões. Foi criado um conceito que todo trabalho pequeno, difícil de acesso, sim luz, sem dinheiro é trabalho de Missões, e este conceito esta equivocado. Existem nações com megas cidades como é caso de Santiago do Chile onde somos Missionários, com tudo na mão, com o que há de melhor na questão de mobilização, de iluminação, começamos um novo trabalho de Missões com poucas pessoas e com dificuldades também, mas esta é a verdadeira Obra Missionária. A cidade é grande, mas quase não tem igrejas. Existem várias igrejas, mas todas elas sem expressão de poder e de alegria. No Brasil a moda é agora derivar tudo a Missões, até o evangelismo tem sido abafado pela palavra Missões. Se multiplica diariamente as igrejas que falam em Missões, criam secretarias, fazem cultos, congressos e não tem Missionários, estão cometendo um gravíssimo erro, vejo que a intenção é somente recolher mais dinheiro, mais verbas, mais entradas.

Existem missionários de 1,99 assim de barato, sem preparo nenhum. Alguns missionários têm a culpa do seu próprio pastor, pois na primeira manifestação de interesse por Missões do candidato ele já é levado a assumir sem saber direito certos compromissos como fazer parte da Diretoria de Missões, já é colocado nos púlpitos para que pregue sobre Missões. Depois é enviado prematuro a um campo missionário sem preparo nenhum. Uma das coisas que os Missionários não são ensinados é lidar é com a Saudade, e como ela é forte no pais extranjeiro, por ela, aqueles que não são preparados emocionalmente, voltam ao Brasil, decepcionado, frustado e quase traumatizados.

O preparo missionário deve ser bastante amplo antes de qualquer coisa. Os Missionários de preferência deveriam sair do Brasil já casado com uma pessoa com a mesma chamada e visão. Que tenha preparo teológico, que saiba pregar e se souber cantar e tocar ainda melhor. Que tenha um bom curso de idiomas, para chegar falando no país das Missões. Que seja cheio do Espírito Santo e que viva a sua vida devocional com sabedoria, não pode ser um chorão ao usar o dom, não pode ser um gritão ao exortar, não pode ser um desequilibrado emocional, mostrando-se desalentado, emburrado e sisudo. Não pode ser aferrado aos seus costumes do século XVII, pois querer implantar dogmas humanos no tamanho do cabelo, no comprimento da saia, no condenar a barba, vai fechar as portas da boa receptividade.

Missionários tem que postar fotos de seu próprio rebanho. Já tem acontecido de missionários saírem fotografando obras de outras igrejas como que fosse sua, para depois postar na internet com a intenção de levantar recursos financeiros, isso é um crime de estelionatário e de plágio. Isso pode dar até cadeia. Nada melhor que ter o direito autoral sobre a foto ou sobre o vídeo para poder postar na internet sem restrição e sem mentiras. As vezes são os pastores que cobram informes de quantas conversões, de quantos batismos, de quantos casamentos fazem por ano. O missionário verdadeiro vai enviar cifras reais, temos 8 pessoas e não usar a palavra ‘quase’ tem quase 18 membros, quase 28 pessoas. Se ele não é pressionado pelos informes ele não cairá na tentação de fotografar trabalhos de terceiros.

Só existe um tipo de Missionário, apenas aquele que vai. Tantas coisas já foram criadas por missionários e por pastores que no desespero para manter suas finanças no stander. Existem igrejas que todos são missionários, classificados em três tipos: Os que contribuem por Missões, os que oram por Missões e os que vão. Na verdade Missionário é apenas aquele que vai. A Bíblia só emite elogios aos pês dos que vão aos campos missionários, nada de elogio aos joelhos que oram ou as mãos que contribuem. Estas duas atividades devo fazer por que sou salvo em Jesus Cristo, devo orar por missões sem ser missionário e devo contribuir com missões por que amo a Obra de Deus. Os joelhos e as mãos sempre apresentam dificuldades na Bíblia. (Isaías 35:3) Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes. (Hebreus 12:12) Portanto, tornai a levantar as mãos cansadas, e os joelhos desconjuntados. (Ezequiel 7:17) Todas as mãos se enfraquecerão, e todos os joelhos serão débeis como água.

O verdadeiro Missionário nunca será ex-missionário. Verdadeiros missionários duram toda a vida, chegam até voltar para o país onde fez Missão por primeira vez. Ser Missionário é para ele um estilo de vida muito lindo. Com o passar dos tempos em Missões vai forjando fibras estáveis de amor pelos perdidos. Materiais são redatados em colaboração as missionários iniciantes. A igreja passa a ter uma coluna forte para exemplo dos mais jovens missionários. No Brasil tivemos um Missionário que finalizou sua vida em pleno vapor, estamos falando de Bernado Jhonson. No Chile temos ainda um grande Missionário chamado Pablo Hoff, autor de cinco livros usado nos seminários Teológicos, entre eles: O Pentateuco e Se fez Homem. Estes Missionários poderão falar como Paulo. (2 Timóteo 4:7) Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.

Não seja um Missionário de Férias ou de Licença Premia. Tem pessoas que só tiveram coragem de oferecer ao Senhor das Missões seus 30 dias de férias ou o período que recebeu Licença Premia, outros esperam até ficar aposentado, quando já não tinham mais uma boa saúde para fazer a obra de Deus. Dou graças a Deus por que tendo duas empresas e morando num apartamento de 17 cômodos, deixamos tudo para seguir ao Mestre. Penso que aqueles que oferecem suas férias, deveriam enviar o dinheiro dela, mais o dinheiro das passagens e das roupas e malas que tem que comprar para poder ir de viagem missionária, doar todo esse dinheiro para ser aplicado na vida de um Missionário ativo. Todo o dinheiro gasto com este tipo de Missionários de Temporadas daria para pagar anos completos de alugueis para as Missões, daria para comprar todas as cadeiras que necessitam os Missionários, todos os aparelhos de som.

Sejamos Missionários, Missionários de verdade, completo e honesto. Gostaria de propor a todos os Missionários que chegarem a ler este artigo que sejamos de todo preparado, maduro, equilibrado, que nunca venha a esgotar nosso entusiasmo, força e coragem. Que defendamos o verdadeiro Evangelho que se dediquemos a escrever artigos produzidos no campo, sem lamúria, sem lamento, sem mentiras. Sejamos como aquelas motos de todos os terrenos apto para ensinar, discipular, formar obreiros. Que sempre estejamos preparado com uma mensagem nova, eloquente, poderosa e autorizada por Deus. Que sejamos flexíveis, adaptáveis e agradecidos. Que saibamos fazer bom uso da internet, do rádio e dos livros. Que sejamos motivadores, sonhadores e que levemos o nosso povo a conhecer aquele que é grande, digno, excelso e sublime. Que nosso trabalho seja com resultados duradouros para a glória do Senhor e para o crescimento da igreja daquele que nos alistou para esta grande tarefa. (2 Timóteo 4:5) Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. (1 Pedro 5:4) E, quando aparecer o Sumo Pastor, alcançareis a incorruptível coroa da glória. (1 Coríntios 9:26, 27) Pois eu assim corro, não como a coisa incerta; assim combato, não como batendo no ar. Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

Nossa oração será por aqueles que ao terminar de ler esta matéria possam sentir a vontade de contribuir com a Obra de Deus que foi encomendada a nós aqui no Chile. (2 Tessalonicenses 3:1-3) No demais, irmãos, rogai por nós, para que a palavra do Senhor tenha livre curso e seja glorificada, como também o é entre vós; e para que sejamos livres de homens dissolutos e maus; porque a fé não é de todos. Mas fiel é o Senhor, que vos confirmará, e guardará do maligno.

AJUDE-NOS Conta Corrente 18.491-8 Agencia 3078-3 Banco do Brasil

JESUS E PEDRO





JOÃO 21.15-19

Quando eles acabaram de comer, Jesus perguntou a Simão Pedro: — Simão, filho de João, você me ama mais do que estes outros me amam? — Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! — respondeu ele. Então Jesus lhe disse: — Tome conta das minhas ovelhas! E perguntou pela segunda vez: — Simão, filho de João, você me ama? Pedro respondeu: — Sim, o senhor sabe que eu o amo, Senhor! E Jesus lhe disse outra vez: — Tome conta das minhas ovelhas! E perguntou pela terceira vez: — Simão, filho de João, você me ama? Então Pedro ficou triste por Jesus ter perguntado três vezes: “Você me ama?” E respondeu: — O senhor sabe tudo e sabe que eu o amo, Senhor! E Jesus ordenou: — Tome conta das minhas ovelhas. Quando você era moço, você se aprontava e ia para onde queria. Mas eu afirmo a você que isto é verdade: quando for velho, você estenderá as mãos, alguém vai amarrá-las e o levará para onde você não vai querer ir. Ao dizer isso, Jesus estava dando a entender de que modo Pedro ia morrer e assim fazer com que Deus fosse louvado. Então Jesus disse a Pedro: — Venha comigo!






Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

SALÁRIO MISSIONÁRIO


Pr. Teófilo Karkle
Duas coisas me faz escrever este tema, uma por que não tenho Salário Missionário e outra por que queremos despertar você a abrir seu coração e ser um Abençoador de Missionários e ser um Sustentador de Missionários.
O Salário do Missionário deveria ser incluído na Folha de Pagamento de qualquer igreja, nas mesmas condições e no mesmo valor que um Pastor Local. Mas quando os Missionários recebem salários é apenas um 30% do que recebe seu pastor. E não só isto, mas os Salários Missionários são geralmente salários congelados, ou seja, nunca aumentam. Não são indexados a nada, nem à inflação, nem ao salário mínimo, nem ao dólar, nem à receita da igreja.

As Igrejas desejam que os Missionários façam milagres com os seus Salários, milagres de Multiplicações, pois é tão limitado às vezes. Um Missionário estabelecido num país tem contas a que pagar mensalmente: Aluguel, Manutenção, Locomoção, Impostos de Estrangeiros, igual que qualquer família no Brasil, a diferença que aqui não tem mãe, nem sogra a quem recorrer quando a coisa aperta.

Nós os Missionários somos os caras mais engenhosos que Deus usa no seu reino. Numa urgência onde deveríamos viajar de avião, mas como não alcança o dinheiro vamos de ônibus mesmo ou de carona. Falo com autoridade no tema, e para a glória de Deus, tenho 21 anos de Missões. Nossa mesa foi uma caixa de papelão, nosso bidê ao lado da cama uma mala em pé. Nosso guarda-roupa foi feito de duas portas de casa fixadas na parede e usando um lençol de cortina. Temos mudado nosso hábito em vez de comer carne vermelha, comemos carne vegetal, ovos, peixe quando tem, pois o preço da carne é um absurdo.
Nossa oração tem sido quando estamos sentados à mesa é que Deus nos dê só o suficiente para aquele dia, pois queremos no outro dia pedir a ele novamente. (Jó 38.41) Quem prepara aos corvos o seu alimento, quando os seus filhotes gritam a Deus e andam vagueando, por não terem o que comer?

Nossa fonte de ajuda vem de pessoas como você que está lendo agora aqui esta matéria. O que estamos escrevendo não é nenhum desabafo, nem uma revolta. Deus usa diferentes pessoas cada mês para ajudar nas Nossas Necessidades, a benção chegada nunca sobra, mas também nunca falta, Glória a Deus!
Sempre eu pergunto a um Pastor que diz fazer Missões onde é que ele esta atuando, então as listas são as mais diferentes, algumas até bastante extensa como esta: Nós estamos para a Glória de Deus em 16 lugares: Na China, Angola, Uganda, Kênia, Ruanda, Málaga, México, Peru, Afeganistão, Uzbequistão, Kazaquistão, Índia, França, Itália, no Amazonas, no Sertão Nordestino, e ai vai. Diante de uma lista grande dessa vejo vários problemas:Como ajudam Missionários em muitos lugares eles acabam não amando seriamente a nenhuma nação destas. Eles não têm envolvimentos profundos com nenhum dos projetos, e não gastam horas em oração por nenhum povo.

Você que contribui diretamente com os Missionários, esta é a maneira mais justa de fazer Missões, sem terceiros pelo meio. Queremos dizer-te que para isso deves ter um Chamado Específico. Você tem? Que bom, estamos então falando com a pessoa certa. Chamado Específico para Sustentar Missionários. Você que foi chamado por Deus para Sustentar Missionários deve então fazer algo mais. Abraçar os Projetos dos Missionários com o Coração, entender profundamente os Desafios de cada Missionário. Ajudar os Missionários nas suas estratégias, pensar como os Missionários. Deves Ajudar os Missionários a investir certo, etc.
Tem cadeias de Supermercados que pedem parte de troco de cada cliente para ajudar certas Casas de Misericórdia, mas sempre são centavos que o povo vão doando. Mas sabe que tem irmãos das nossas igrejas que chegam para um Hipermercado e diz senti de Doar um Salário Mínimo para o dono do milionário Megamercado? E ainda diz: Tenho tanto amor de Deus em meu coração que quero repartir do meu salário como uma Rede de Supermercados.

 É claro que eu exagerei a minha Ficção, pois ninguém daria um Salário Mínimo a um Supermercado grande, rico e estabelecido. Mas sim que sim, tem irmãos dando para Megas Igrejas, (não é Meigas não) Salários Inteiros, só por que elas têm uma Bandeira de Missões nas suas paredes, isso sabe como se diz em economia? Jogar dinheiro fora. Nem você é abençoado por contribuir assim para um monte, nem a Igreja é abençoada por pegar um salário assim e caladamente ocupar na igreja local.

Temos buscado mês a mês de muitas fontes Ajuda para poder completar um orçamento razoável que nos permita viver dignamente em Missões. Também buscamos ajuda para realizar nossos Projetos para o qual fomos chamados. De repente passamos humilhações, nos cansa as bateções de porta em porta e algumas vezes ganhamos a porta na cara. A cada novo Projeto que pretendemos realizar, a cada Curso que queremos fazer, ou a cada Desafio que nosso Trabalho Missionário nos apresenta temos que sair novamente batendo nas portas eletrônicas, escrevendo e-mail, pedindo.

As igrejas brasileiras quando passam por alguns problemas financeiros, para equilibrar as contas, a primeira coisa que fazem é cortar o Salário dos Missionários. Muitos cortes são sem avisar ao pobre coitado lá no campo. Mas Deus esta vendo todas as injustiças cometidas, toda essa falta de amor, toda essa falta de responsabilidade. Deus não pode ser burlado, ele vai cobrar isso de todas as igrejas em todas as épocas do século passado e do século presente, irão para a Balança Igrejas Grandes e Igrejas Pequenas, Pastorzões e Pastorzinhos, podem ter certeza que ninguém escapará do julgamento de Deus.
Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá. (Lucas 12.48)

Tenho algo contra as Reuniões de Ministérios, quando Diáconos e Presbíteros se reúnem para tomar uma decisão de Cortar o Salário do Missionário. Mais ou menos assim é o tema a ser discutido: (Falo em prosopopeia) Por que vamos continuar ajudando o pastor Teófilo lá no Chile?  Vamos parar? Vamos priorizar nosso investimento em nossas congregações locais? Eu já vivi esses Cortes duas vezes: (Falo com Experiência própria) Uma em Santa Catarina outra em Pernambuco. Não tinha como voltar ao Brasil, nem tomar dinheiro emprestado. Nem esperar Misericórdia dos homens.Graças a Deus que vivi sete anos assim dependendo da Misericórdia de Deus.

Eu acho que a Igreja que corta o Salário do Missionário arrancou das suas Bíblias aquela pagina que diz assim: Porque na lei de Moisés está escrito: “Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois?” (1 Coríntios 9.9).

No próximo ano 2013 queremos ir ao Brasil para visitar algumas igrejas a fim de levantar recursos, se você pastor e está lendo estas linhas e queira nos abençoar, não deixe de mandar um convite no nosso e-mail para nós aqui no Chile.

Estamos orando por pessoas que são Chamadas por Deus para Sustentar Missionários para que desde agora Julho 2012 possam já começar a nos Ajudar, com o que for. Não precisamos muito, precisamos apenas o necessário e querendo Deus, repartiremos ainda com os pastores nacionais com quem trabalhamos aqui no Chile.

Não queremos parar nosso Projeto Centro de Alegria, nossa Promotoria Nacional de Missões, queremos desempenhar bem nossa Missão Chile, Missão que Deus nos confiou. Queremos continuar pregando, ensinando, fazendo programas de rádio e evangelizando.

Precisamos de um veículo e temos fé que em 90 dias no Brasil, Deus poderia tocar no coração de algum empresário e ele nos Abençoar com este carro, pois só assim nossa ida ao Brasil seria mais rápida, menos tempo, para voltar logo aqui onde às almas estão tão enganadas, tão enfraquecidas, tão desnutridas, tão entregadas ao tempo, sem esperança e sem força.

Sempre pensei em escrever um e-mail para Deus, quero agora dedicar essa Matéria a ele e dizer: Deus tudo o que nós queremos tu já sabe, tudo o que nos precisamos tu nos enviará, sem percorrer muitos quilômetros, sem sofrer desgastes no calor sufocante. Aqui do nosso escritório, com o nosso estilo de Missões Online, podemos ser tremendamente abençoados, por que do outro lado nesta Rede, Deus tem milhares de Filhos generosos e dadivosos para nos abençoar aqui no Chile.
Deus, não deixa diminuir nossa fé para realizar cada nova iniciativa, não deixa apagar os nossos sonhos nem encolher nossos Projetos e nossos Sonhos.   

Estamos fazendo E-Missões, isto é Missões Online pela internet. “Tu nos Proverás de tudo, pois tu és o Nosso Pastor e nada nos faltará.” Salmos 23.
Deus é tão bom viver pela fé, sem ninguém nos cobrando nada. Não queremos por trás de nós uma igreja que nos cobre muito e não nos de nada.

Existem tantas igrejas no Brasil que gastam todo o seu dinheiro em tudo o que se pode imaginar e a tudo elas chamam de “reino”. Cadeiras novas para o templo é “reino”, ar condicionado para a igreja é “reino”, equipamentos para a cantina é “reino”. Só Missões é que não esta dentro da categoria de “reino”, mas passa para a categoria de gastos sem retornos.  Missionários também não é “reino”. O missionário e suas necessidades pessoais não é “reino”. Sua roupa ainda não está surrada o suficiente, seu carro não precisa de conserto, ele não precisa de plano de saúde. Seus dentes não precisam ir pelos menos duas vezes ao ano no dentista. E o Missionário tem dente? Tem sim! Se eu fosse Dentista, dedicaria minha Clinica a arrumar os dentes de todos os Missionários do mundo, com o que a de melhor nesta modalidade e faria de graça. Será que nenhum Dentista teve ainda esta ideia?

O Missionário solteiro no campo quanto se casa e começa a chegar os filhos seu Salário continua como solteiro.
As igrejas dizem: Estamos sustentando a “obra” o “reino”, ou seja, o templo, as coisas, a comida distribuída aos carentes, mas não a pessoa do Missionário porque ele não é reino.
Quem entenderá como nosso pensamento acaba tão permeado de mentiras que até a verdade se torna mentira? Quem entenderá por que mesmo sabendo que esta vida nossa aqui não dura nada, mesmo sabendo que as coisas não são o verdadeiro reino, o reino é eterno, coisas não são eternas, só pessoas são eternas, portanto o reino não é e nunca será feito de outra coisa senão pessoas. Mesmo sabendo tudo isto, as pessoas gastam mais consigo mesmo do que com qualquer outra coisa, gastam mais com os templos, cadeiras e coisas mais do que investir em pessoas.

Já ouvi uma estatística que diz que setenta por cento das riquezas da humanidade estão na mão dos cristãos. O que isto quer dizer? Que Deus fez sua parte. Em sua soberania providenciou para que nada menos que setenta por cento de todo dinheiro do mundo caísse na mão de seus servos. Por que é então que esconde o dinheiro de Missões?

Veja que dura realidade, no mundo inteiro a tarefa da Grande Comissão ainda esta por se realizar! Noventa e cinco por cento do dinheiro da igreja é investido na própria igreja, cinco por cento em iniciativas evangelísticas. No caso do Chile a tarefa foi mal feita, os pregos estão caindo tudo, tudo precisa ser repregado, reevangelizado, reavivado.

As igrejas não estão aplicando seu dinheiro onde deveria, gastam apenas no próprio reino. Administram como querem sem perguntar para Deus, como ele gostaria que fosse aplicado. E com isto acham que estão se beneficiando, mas na verdade estão se prejudicando. Pensam que estão ganhando, mas estão perdendo.
Quero me comunicar contigo amado ou amada que tem um Chamado Especifico para Ajudar os Missionários, por tanto Passe a Cordilheira dos Andes e Ajude-nos.

Anote agora nosso e-mail centrodealegria@hotmail.com e o número de nossa conta 18.491-8 Agencia 3078-3 Banco do Brasil - em nome de Pastor: Teófilo Venicio Karkle. Add nosso Facebook https://www.facebook.com/#!/Pastorkarkle

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO, EM BREVE

Postagens Recentes