sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Diga não ao fantástico a Globo e a ideologia de Gênero


A repercussão negativa com a relação ao último programa fantástico na rede Globo  tem crescido muito,  fico feliz em ver que uma grande parte da sociedade tem acordado e enxergam o lixo que é esta  rede de televisão a qual a muitos anos já não assisto, eles apoiam e espalham tudo o que é imoralidade, perversidade, luxúria, são patrocinadores do pecado do erro,  tenho nojo desta emissora e de outras que vem seguindo a mesma linha de conduta da Globo,  sinto nojo do que eles fazem,  deixo aqui a minha nota de repúdio a estes inimigos da família, das crianças, dos bons princípios,  não  a Rede Globo!!

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

ONU determina fim da pena de morte por blasfêmia



Cristãos de diversos países podem ser beneficiados se resolução for acatada na prática
O Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou uma resolução que determina a abolição da pena de morte por apostasia e blasfêmia. A resolução foi aprovada por 27 votos a 13, com 7 abstenções. O objetivo da resolução é “assegurar que a pena de morte não seja imposta como uma sanção por formas específicas de conduta, como apostasia, blasfêmia, adultério e relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo com mútuo consentimento”. Os Estados Unidos votaram contra a resolução.

Uma das abstenções veio da Indonésia, país que adota a pena de morte. A Indonésia é desafiada a aceitar 225 recomendações da ONU, 58 das quais tratam de abolição da pena de morte, lidar com a violação dos direitos humanos e pôr fim a acusações sob a lei de blasfêmia. O país diz que tomou nota de tais recomendações, mas que elas não estão entre as prioridades na agenda de direitos humanos da Indonésia.

Embora blasfêmia não seja punida com morte na Indonésia, pode levar à prisão, como mostrado no caso do ex-governador de Jacarta. Basuki Tjahaja Purnama (mais conhecido como “Ahok”) era um cristão, e em abril foi condenado a dois anos de prisão. As minorias religiosas temem que a reputação de ser um país de maioria muçulmana tolerante seja enfraquecida pela crescente influência de grupos radicais islâmicos na política.

Blasfêmia pelo mundo
De acordo com a Comissão de Liberdade Religiosa Internacional dos Estados Unidos, 71 países (mais de um terço do total) têm leis de blasfêmia que violam pelo menos um dos princípios dos direitos humanos internacionais. Dentre eles, 86% determinam a prisão para os condenados, enquanto outros, como Paquistão e Irã, determinam a pena de morte.

No Paquistão, em setembro, um jovem cristão, de 24 anos, foi condenado à morte por uma mensagem de celular considerada blasfêmia. Um outro, de 16 anos, também foi acusado de blasfêmia por falar sobre sua fé em Jesus. A cristã paquistanesa Asia Bibi foi condenada por blasfêmia em 2010 e está até hoje no corredor da morte. A sudanesa Mariam Ibrahim foi libertada três anos atrás, após quase ter sido enforcada por apostasia. Amim Afshar-Naderi, um iraniano convertido ao cristianismo, ficou preso por 15 anos, dos quais 5 foram por “insultar o sagrado”.

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
www.portasabertas.org.br

domingo, 1 de outubro de 2017

Billy Graham: "Os dias de Noé estão voltando à Terra"


Apontando para a passagem de Gênesis 6:5, o ministro batista advertiu que o "grande dia do julgamento" de Deus virá, assim como vieram as enchentes durante os dias de Noé, porém de alguma outra forma, sem que fosse com um dilúvio.

Billy Graham é um dos mais conhecidos evangelistas da atualidade. Aos 97 anos, o pastor continua escrevendo artigos e compartilhando do Evangelho com o apoio de sua equipe ministerial. (Foto: Christian Post)

O Rev. Billy Graham advertiu em uma mensagem escrita para a revista 'Decisão', da Associação Evangelística Billy Graham, que o julgamento de Deus devido retornar à Terra.

Apontando para a passagem de Gênesis 6:5, o ministro batista advertiu que o "grande dia do julgamento" de Deus virá, assim como vieram as enchentes durante os dias de Noé - isso poderia acontecer em 100 anos ou 1.000 anos, segundo o pastor, de alguma outra forma, sem que fosse com um dilúvio.

"Então o Senhor viu que a maldade do homem era grande na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente", lembrou o evangelista, citando o versículo do Gênesis 6:5.

A inundação também foi lembrada em Mateus 24:37-39, que diz: "E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem".

Graham esclareceu que não há como saber quando o fim do mundo vai realmente acontecer, escrevendo que os "dias finais da história podem ser 100 ou mil anos a partir de agora".

Há vários sinais que apontam para o fim dos tempos, Graham continua, incluindo provas da ganância, o pecado, a imoralidade, o egoísmo, o afastamento de Deus, a desonestidade e o orgulho, para citar alguns.

O líder evangélico escreve que, embora ele não saiba a data exata do retorno de Deus, ele sabe que "os dias de Noé estão voltando para a Terra e uma catástrofe tão grande e terrível aguarda aqueles que se recusam a entrar na 'arca da salvação', que é Jesus Cristo".

Por isso, ele apela a todas as pessoas que olhem para a história de Noé para orientação, explicando que a arca representa a salvação de Jesus.

"Neste dia, quando as nuvens de julgamento estão começando a recolher, Cristo é o refúgio. Você deve cruzar o limiar e passar para dentro da arca. Aceite Cristo agora como seu Salvador, antes que seja tarde demais", insta Graham. "Você está? Você pode estar perto, mas você está dentro? A tempestade universal e terrível está chegando. Os dias de Noé pode ser logo em cima de nós. Você está pronto para o Dia do Julgamento?"

Graham acrescenta que, mesmo se o mundo não acabe enquanto estivermos vivos, todos nós iremos nos deparamos com o julgamento de Deus quando morremos.

"Mesmo que o mundo não acabe em um julgamento cataclísmico, enquanto você ainda estiver vivo, no momento em que você morrer, este será o 'fim do mundo' para você. O mundo em que você vive vai morrer com você. Você está pronto para a morte? Você está pronto para o julgamento que está para vir no momento em que sair para a eternidade?", questiona o líder evangélico.

A filha do evangelista, Anne Graham Lotz falou muitas vezes sobre o retorno de Jesus Cristo, dizendo em uma entrevista com ao 'Christian Post' na semana passada, que ela acredita que Deus vai voltar enquanto ela ainda estiver viver viva

Fonte:guiame.com.br

terça-feira, 26 de setembro de 2017

A MORTE DE UMA IGREJA!



Sardes, uma igreja morta que pensa estar viva
                                                       Esboço de sermão em Apocalipse 3,1-6

Por Adriano R.S.Montes.
As sete igrejas da Ásia, conhecidas como as igrejas do Apocalipse estão mortas, acabaram, só existem agora Ruínas e lembranças de um passado bem distante.

Hoje na Região da Ásia menor, onde existiam as igrejas do Apocalipse, tem menos de 1% de cristãos.

Sardes, foi a capital da Líbia no século 17 A.C.,  atualmente Turquia.

Situada no alto de uma colina, toda murada e fortificada, sentia-se imbatível, seus soldados e seus  habitantes eram orgulhosos, arrogantes e autoconfiantes.

No ano 17 D.C. Sardes foi parcialmente destruída após um terremoto e reconstruída pelo Imperador Tibério. A Cidade ficou famosa pelo  alto gral de imoralidade e a decadência que a dominou.

Quando João escreveu a carta a Sardes, esta era uma cidade rica mas totalmente degenerada.

Seus habitantes entregaram suas vidas à luxúria e ao prazer, e a igreja tornou-se como a cidade, em vez de influenciar, foi influenciada.

É neste contexto que vemos JESUS enviando esta carta a igreja de Sardes.

Sardes era uma poderosa igreja aos olhos humanos, dona de um grande nome.

Uma igreja que tinha nome e fama, mais não tinha vida. Na verdade apesar de toda fama e de acreditar que estava viva Sardes estava morta.

J. Parcker diz que a igrejas cujo os cultos são solenes, mais são como os caixões floridos, lá dentro tem um defunto.

Ainda no versículo um, JESUS diz, eu sei as tuas obras JESUS conhece a igreja, ele sabe tudo.

Versículo 2 >>>  ser vigilante:

Aqui CRISTO manda vigiar, uma das principais conseqüências da queda de muitas igrejas, e morte espiritual de muitos cristãos é a falta de vigilância.

Por não vigiar pecamos e conseqüentemente morremos.

“Consolida o que está para morrer”, uma tentativa de resgate, para salvar alguns ou mesmo reavivar a igreja.

Versículo 3 >>>  como um ladrão na noite:

CRISTO aqui chama a igreja ao arrependimento, nem tudo estava perdido.

Se a igreja se arrepender CRISTO perdoa, ele quer nos perdoar sempre.

Ele avisa, virei como um ladrão, por tanto estejam preparados.



Versículo 4 >>> mesmo em Sardes, há os que não se contaminaram:

CRISTO aqui afirma categoricamente, que mesmo em meio ao pecado, em uma igreja doente, perdida e morta, existem os santos que não se contaminaram.

“Estão com as vestes limpas”, ou seja, não se sujaram, não vivem no pecado, não morreram, embora estejam dentro de Sardes, uma igreja morta, conseguem estar vivos.

Temos vivido tempos de Sardes, o mundo de hoje tem sido todo ele como a cidade de Sardes, a igreja nos dias de hoje tem sido como a de Sardes, tem se deixado influenciar pelo mundo e seus pecados, não digo igreja local, falo de um modo geral, as igrejas, não todas é claro, mais infelizmente a grande maioria, tem se deixado influenciar, e temos visto, ministérios grandiosos, enormes e de grande fama, ruindo e morrendo, embora acreditem que estão vivos, assim como Sardes.

Mais graças a DEUS que mesmo em meio a Sardes, existe um povo separado, convertido, que não se contaminou, para estes, existe uma promessa maravilhosa, que veremos a partir do verso cinco.

Versículo 5 >>> Os vencedores:

O que vencer ou seja os vencedores, ele não tira o seu nome do livro da vida.

Será salvo, portanto o que não se contaminar e se perder em meio aos pecados de Sardes, seu nome será confessado por CRISTO diante do PAI.

Esta é uma maravilhosa promessa, aos que permanecerem firmes mesmo em meio a um mundo de pecados, e creio seja o sonho de todos os que seguem a CRISTO, a terra prometida.

Versículo 6 >>> ouçam, ou “prestem atenção”:

Aqui CRISTO nos convida a ouvir, ou seja, prestar atenção ao que o ESPÍRITO diz as igrejas.

Queridos, mortos não podem escutar, defuntos não houvem, se a igreja de Sardes estava morta, como poderia ouvir?

A igreja estava morta e morte espiritual, quem morre espiritualmente, não pode ouvir o que o espírito diz.

Portanto acredito que o ESPIRITO estava falando aos que ainda estavam vivos, que não haviam se contaminado, para que estes fossem salvos, e até mesmo servissem de instrumento para reanimar o doente, ou seja, reavivar a igreja.

Por isso querido(a) se você está morrendo, anima-te, peça a DEUS para te reanimar, te reavivar, para que possa ouvi-lo novamente, e ser usado por ele como instrumento de avivamento da igreja de CRISTO.


Conclusão:

O processo de morte de uma igreja pode acontecer lentamente, de forma que as pessoas não percebam, pois olhamos o exterior.

JESUS, porém vê o interior, ele olha a igreja de dentro para fora, diferente de nós, ele vê o coração do discípulo, ele conhece o interior de cada um de nós.

Ele não julga pela aparência, pois nos conhece por inteiro.

No meio de uma igreja morta, JESUS encontrou fiéis, isso nos lembra de que a salvação é individual.

Não somos salvos na coletividade, DEUS não salva em grupos, seremos julgados individualmente e cada um dará contas de si.

Por tanto, mesmo que vivamos em meio a Sardes, lutemos para não nos contaminarmos e assim herdaremos a terra prometida.

                                                  
Fontes Bibliográficas:

Usei como referencias e pesquisas:

Dicionário Wikcionário
 Blog do pastor Hernandes Dias Lopes 
 livro o Apocalipse , desvendando os mistérios da revelação, Delcyr de Souza Lima, Juerp


DEUS ABENÇOE A TODOS!!!

domingo, 24 de setembro de 2017

Cristã colombiana está doente em prisão no Mali



Após sete meses encarcerada, Gloria Argoti está com a saúde deteriorada

A enfermeira colombiana que foi feita refém no norte do Mali em fevereiro deste ano está viva, mas sua saúde não está bem, de acordo com relatórios da agência de notícias Fides. Gloria Argoti "está viva, mas não está bem de saúde. Ela tem problemas em uma das pernas e nos rins", disse Fernando Murillo, general colombiano, à uma rádio do país.

Ele acrescentou que uma unidade especialista em negociações de sequestros do país está preparando uma segunda missão para pedir a libertação da cristã colombiana, que tem 60 anos. Ela foi levada em 7 de fevereiro, quando sua igreja, na aldeia de Karangasso, no sul do Mali, foi atacada.

No dia 1 de julho, Gloria apareceu em um vídeo publicado por um grupo de militantes extremistas muçulmanos afiliados à Al-Qaeda. Eles reivindicaram a responsabilidade pelo sequestro dela e de outros cinco reféns. Desde então, apenas um deles, o sul-africano Stephen McGowan, foi libertado.

Pedidos de oração:

· Ora pela libertação dos cristãos sequestrados e pelas negociações que estão acontecendo.

· Peça a Deus que os console e dê coragem para enfrentar esse momento de tribulação.

· Interceda pela vida daqueles que estão com Gloria, que o amor de Deus demonstrado em Jesus Cristo os alcance

Fonte:
Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos
www.portasabertas.org.br

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO, EM BREVE

Postagens Recentes