sexta-feira, 31 de maio de 2013

Repercute entrevista de Silas Malafaia dada a Ratinho. Assista


Na noite desta quinta-feira (30) o SBT exibiu a entrevista que o pastor Silas Malafaia concedeu ao Programa do Ratinho. A atração foi gravada dias antes e se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

O programa foi especial com o pastor, que falou sobre os mais diferentes assuntos, incluindo temas polêmicos como o aborto, o casamento gay, a adoção de crianças por casais homossexuais e a prisão do pastor Marcos Pereira.

As perguntas foram feitas tanto pelo apresentador, como por internautas e entrevistados pela produção do SBT.

O pastor presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo também comentou sobre política e a participação da igreja na política, falando que não tem ideologias partidárias.
Outro assunto que tomou parte do programa foi a entrega de dízimos e ofertas. Uma delas questionava se o pastor evangélico também entrega o dízimo. Silas Malafaia respondeu que sim, e que não recebe salário pelo seu cargo de pastor.

Nas redes sociais o líder religioso foi muito criticado, principalmente por ser contra ao homossexualismo. Alguns internautas elogiavam a participação do pastor, outros criticavam com palavras ofensivas.

Entre as pessoas que usaram o Twitter para criticar Malafaia esta a apresentadora Adriane Galisteu que escreveu: “Eu não suportaria ficar perto do Silas Malafaia, não só porque ele é contra o homossexualismo e sim porque ele fala cuspindo mesmo.”

Já o pastor e apresentador Altomir elogiou a desenvoltura de Malafaia no programa escrevendo: “Ótima participação @PastorMalafaia no Ratinho. Graças a Deus. Abraço @PrSilasFilho”. GospelPrime



Via: http://www.franciscoevangelista.com/2013/05/repercute-entrevista-de-silas-malafaia.html

Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa

Crime de intolerância: vizinho mata família evangélica por discordar de opção religiosa

Uma família foi morta a facadas por um vizinho que não concordava com a opção religiosa deles, que eram evangélicos.
O rapaz, que segundo a Polícia Militar estava transtornado, invadiu a residência dos vizinhos e desferiu golpes contra todos os que estavam na casa: o pai, a mãe, e os dois filhos do casal, de um e três anos de idade.
Um terceiro filho do casal, de 10 anos, que estava na escola na hora do ataque, escapou sem ferimentos. A menina de três anos foi salva pela mãe, que correu após sofrerem os primeiros golpes.
Na fuga, a mãe que carregava filha avistou uma viatura da Polícia Militar e pediu ajuda. Os policiais localizaram o suspeito que se rendeu e demonstrava estar desorientado. Socorridas, mãe e filha foram levadas ao hospital, com ferimentos graves. Entretanto, mesmo passando por uma cirurgia, a mãe não resistiu.
O rapaz que realizou o ataque e o pai da família que foi atacada eram sócios numa loja de móveis, mas o motivo do surto que resultou na morte das três pessoas foi a discordância dele em relação à religião praticada pelo amigo.
Na delegacia, o rapaz afirmou que não concordava com o fato de eles serem evangélicos e que não se arrependia de tê-los matado.
Assista reportagem do R7 sobre o caso neste link.
Por Tiago Chagas, para o Gospel+

Via: http://www.webevangelista.com/2013/05/crime-de-intolerancia-vizinho-mata.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+WagnerLemos+%28Wagner+Lemos%29

Depois de Feliciano, Malafaia, Bolsonaro e Joelma são convidados a participar de evento gay em SP



Depois do Pastor e Deputado Marco Feliciano, que aceitou o convite, o Pastor Silas Malafaia, o deputado Jair Bolsonaro e a cantora Joelma, da banda Calypso, serão os próximos convidados para participar do 21º Festival Mix Brasil de Cultura e Diversidade, foi o que garantiu João Federici, um dos organizadores do festival que tem como objetivo focar a diversidade sexual.

Após o deputado federal Marco Feliciano, aceitar o convite publicado no jornal Folhade S. Paulo, pelos organizadores do evento LGBT, Federici, em entrevista ao mesmo jornal, conta que já que Feliciano cedeu, ‘é hora de chamar mais gente’, - “A partir da semana que vem, serão emitidos novos convites públicos“.

O objetivo de Federici, é convidar a todos que declararam contra os direitos iguais, como o casamento de homossexuais, e os próximos a receberem o convite via Folha de S. Paulo serão o pastor Silas Malafaia, deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) e a cantora Joelma da Silva Mendes da banda Calypso.

Federici, diz que acredita que “Esses episódios de homofobia chateiam muito. Mas é só uma questão de tempo, porque as reações só existem porque estamos avançando”.

Ele prometeu ainda, fineza mútua a todos que toparem a participar do encontro do publico GLBTT. “Todo mundo irá respeitar o deputado. É só um confronto de ideias, ninguém será desrespeitado.”

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Ministérios RBC oferecem livros para download gratuito




Os Ministérios RBC são uma missão dedicada a produzir recursos para capacitação cristã, principalmente por meio de literatura (são os editores do Devocional Nosso Andar Diário), mas também por meio de rádios e outros canais, e estão presentes em muitos países.Além de oferecerem o devocional impresso gratuitamente (basta solicitar o envio por correio, ou se quiser, pode receber diariamente em seu e-mail), eles disponibilizam gratuitamente alguns dos muitos livros e livretes que editam. E, claro, possuem muitos excelentes materiais para venda por preços convidativos, pois além de edições especiais dos devocionais e livros, há ainda variados modelos de agendas personalizadas, com o devocional incluído, etc.
Sobre os livros e livretes gratuitos, listamos alguns deles (clique sobre os títulos para ver/baixar):



quarta-feira, 29 de maio de 2013

CABARÉ PROCESSA IGREJA UNIVERSAL

CABARÉ PROCESSA IGREJA UNIVERSAL


A decisão do Juiz, é o que vale, nesta história......imaginem o que aconteceu....... .
Não sei se é verdade ou não, mas que é engraçado ah! isto é.
Recebi por e-mail em 25/05/2013
Em Aquiraz, no Ceará, dona Tarcília Bezerra construiu uma expansão de seu cabaré, cujas atividades estavam em constante crescimento.
Em resposta, a Igreja Universal do Reino de Deus local iniciou uma forte campanha para bloquear a expansão, com sessões de oração em sua igreja, de manhã, à tarde e à noite.
O trabalho de ampliação e reforma progredia célere até uma semana antes da reinauguração, quando um raio atingiu o cabaré queimando as instalações elétricas e provocando um incêndio que destruiu o telhado e grande parte da construção.

Após a destruição do cabaré, o pastor e os crentes da igreja passaram a se gabar "do grande poder da oração".



Então, Tarcília processou a igreja, o pastor e toda a congregação, com o fundamento de que eles "foram os responsáveis pelo fim de seu prédio e de seu negócio, utilizando-se da intervenção divina, direta ou indireta, e das ações ou meios.”

Tarcília Bezerra dá entrevista

Na sua resposta à ação judicial, a IGREJA UNIVERSAL, veementemente, negou toda e qualquer responsabilidade ou qualquer ligação com o fim do edifício.

O juiz a quem o processo foi submetido leu a reclamação da autora e a resposta dos réus e, na audiência de abertura, comentou:

- Eu não sei como vou decidir neste caso, mas uma coisa está patente nos autos:

“Temos aqui uma proprietária de um cabaré que firmemente acredita no poder das orações, e uma igreja inteira declarando que as suas orações não valem nada!”.



Fonte http://www.pranselmomelo.com.br/2013/05/cabare-processa-igreja-universal.html

Metodistas participam de celebração na Coreia do Sul



Uma delegação com mais de 20 pessoas, dentre elas dois bispos metodistas estiveram na Coreia do Sul participando das celebrações de aniversário dos 73 anos da Igreja Metodista Bupyeong, nos dias 13 a 23 de maio.

Uma experiência marcante como conta o Coordenador Regional de Discipulado da 4ª Região Eclesiástica, pastor Fernando Balthar. “O que nos marcou de fato foi os cultos da madrugada. Todos os dias eles realizam cultos de oração de 5h às 6h da manhã”, disse o pastor.

A pastora Débora Blunck também acordou cedo para participar. “A experiência mais forte foi o culto da madrugada, acordamos todos os dias às 4h para participar do culto que é feito há mais de 50 anos", disse.

Uma comunidade com capacidade para 4 mil membros e com mais de 8 mil discípulos. Fruto do discipulado que reúne cerca de 500 células espalhadas pela cidade durante a semana para compartilhar o amor de Deus.

“O método que eles usam é bastante parecido com o que estamos implantando na 4ª Região. O discipulado é você caminhar junto com as pessoas, é ser suporte”, concluiu o pastor Fernando Balthar.

Com quase 1,5 milhão de metodistas na Coreia, às ações da Igreja estão além das reuniões dominicais e cultos de oração. “Somente nessa época de aniversário, a Igreja doou 50 mil dólares para duas instituições que promovem à vida", disse o pastor Wesley Nascimento de Belo Horizonte.

A Igreja Metodista Central em Seul está construindo um prédio de 18 andares somente para tratar questões relacionadas às ações sociais da Igreja. A construção é tanto para cima, como subterrânea, justamente por precauções em casos de guerras.

Os bispos Roberto de Souza Alves e o bispo Luiz Vergílio estiveram acompanhando os 26 pastores e pastoras na visita. A Igreja Coreana custeou todas as despesas de hospedagem e alimentação. A delegação visitou outras igrejas na Coreia, dentre elas uma das maiores do mundo com mais de cem mil membros do pastor Paul Yonggi Cho.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa

Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa

Localizado na África, Eritreia é um país que apesar de ter quase metade de sua população composta por cristãos sofre com a perseguição religiosa, estando em 10º lugar na classificação dos lugares onde mais existe perseguição em todo o mundo. Por isso, os cristãos do país são obrigados a realizar seus cultos em segredo, geralmente em igrejas subterrâneas.

A cristã Misgana, que vive no país, falou ao Ministério Portas abertas como é viver sua fé nesse país, onde todas as igrejas evangélicas estão fechadas desde uma lei em 2002, e mais de 2.800 cristãos estão na prisão, e seus familiares não têm notícias deles há meses e anos.

- Como você sabe, as nossas igrejas estão fechadas. Assim, somos obrigados a nos reunir no subsolo das casas. Alguns irmãos cedem seus lares voluntariamente para que possamos adorar a Deus. Nós prestamos culto ao Senhor em quartos e cozinhas abaixo do chão. – relatou.

Misgana ressaltou também sentir falta da liberdade que os cristãos já tiveram no país, em contraste com a situação vivida atualmente.

- O que sinto falta de quando éramos livres para exercer nossa fé em Cristo publicamente, é de poder cantar com alegria, em voz alta. Agora, só podemos sussurrar. Imagine o quão difícil é para nós! Queremos expressar nossa felicidade no Senhor, mas não podemos. Mesmo assim, ele ouve o nosso sussurro, ele está sempre conosco – destacou.

No país, fazer parte de uma igreja subterrânea ou participar de uma reunião cristã é um crime grave. Então, todos os dias, cristãos eritreus arriscam suas vidas, sob pena de serem presos, mas não abrem mão de dizer a Jesus o quanto eles o amam.

Firme em sua vontade de cultuar a Deus, a cristã pede que os cristãos de todo o mundo os ajudem em oração, pra conseguir superar as dificuldades impostas pela perseguição.

- Nossos olhos estão fixos em Jesus, nada mais. Ore pelos cristãos na Eritreia, para que possamos adorar a Deus livremente algum dia, de alguma forma. Nós queremos dar glórias a ele em nossa cidade, nos reunir e nos alegrarmos nele. Essa é a minha oração. Ajude-me através da sua intercessão – completa Misgana, pedindo a todos que intercedam em oração pelos cristãos de seu país.

Por Dan Martins, para o Gospel+

Crescimento de jovens evangélicos chega a 70% no estado de São Paulo e chega a 3° no mundo

O crescimento de jovens evangélicos chega a 70% nos últimos anos em uma região do estado de São Paulo, Brasil. Os dados foram revelados pelo último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os números da pesquisa apontam para 338 mil moradores jovens que declararam ter relação com alguma igreja evangélica na região do ABCD - que compreende a região industrial, com os municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Diadema. Com a faixa etária de até 29 anos, o grupo era 236 mil pessoas no ano de 2000.

“Esse crescimento também é atrelado a uma abordagem mais jovem, um público que ficou afastado por muito tempo. No final dos anos 1980, começo dos 1990, começou um movimento gospel que trouxe uma linguagem muito mais voltada para jovens, com músicas, por exemplo”, explicou Magali do Nascimento Cunha, professora do Curso de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, ao jornal ABCD.

“É uma linguagem que não é apenas jovem, mas uma cultura em que ser cristão não é ser ultrapassado, mas que pode ser algo moderno também”, complementou a pesquisadora.

O Censo Demográfico foi divulgado em 2012. No Brasil, o aumento do número de evangélicos chegou a 61% em 10 anos. A queda percentual de católicos foi considerada histórica pelos pesquisadores. O estudo revelou ainda que os jovens brasileiros são muito religiosos e estão em 3° lugar no mundo.

A maior população evangélica é a do estado de Rondônia, com 33,8%. A região com menos adeptos da religião é a Serra Gaúcha, onde algumas cidades apresentam apenas 1% da população. O estado do Rio Grande do Sul mostra um crescimento de aproximadamente 3% ao ano, menos da metade da média brasileira de 7,4% de evangélicos ao ano.

“Quando os evangélicos eram em torno de 13 milhões tínhamos 880 missionários trabalhando em missões transculturais. Depois de pouco mais de 20 anos somos 45 milhões com apenas 3.200 missionários transculturais. A partir do ano 2000, o crescimento caiu vertiginosamente. Hoje existe apenas um aumento de 3,5 % em números de missionários enviados anualmente”, publicou em artigo sobre o tema a instituição evangélica Servindo Líderes e Pastores (Sepal), ressaltando que o crescimento não chegou ao campo missionário.

O assunto já foi destaque da revista Veja, que apontou o Brasil como um dos países com maior população evangélica do mundo, apesar de ser a segunda religião, ficando atrás apenas do Catolicismo. 

The Christian Post / Cpad News

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Pastor metodista celebra casamento de filho gay e vai responder a processo eclesiástico



O reverendo Thomas W. Ogletree, 79 anos, vai enfrentar julgamento canônico na Igreja Metodista Unida (IMU) por ter realizado em outubro do ano passado o matrimônio de seu filho Thomas com Nicholas W. Haddad, violando as leis eclesiásticas da denominação, que não permite bênçãos a casais do mesmo sexo.

"Às vezes, quando a lei oficial está errada você tenta mudá-la. Mas se você não consegue mudá-la, você a infringe", disse o pastor emérito em almoço recente na Universidade de Yale, onde é professor.

Para o seu desafeto, reverendo Randall C. Paige, "essa cerimônia é uma ofensa". No encontro frente a frente entre acusado e acusador num esforço para resolver a disputa sem a realização de processo eclesiástico, Page pediu que Ogletree se desculpasse e prometesse nunca mais celebrar cerimônia afim.

"Eu não pensei nisso como um ato de desobediência civil ou desobediência à igreja. Eu pensei nisso como uma resposta ao meu filho", disse Ogletree em entrevista para Sharon Otterman, do jornal The New York Times.

A Paige, o pastor que atendeu pedido do filho lembrou que Jesus infringiu a lei ao expulsar os vendilhões do templo. "Então você quer dizer que nunca se deve infringir nenhuma lei, não importa o quanto seja injusta?" - perguntou ao seu desafeto.

A terceira maior denominação nos Estados Unidos, a IMU conta com 45 mil pastores dos quais 1,1 mil estão integrados no grupo New Directions, que defende a realização de casamentos entre pessoas do mesmo sexo. 

Em 1972, a IMU acrescentou no seu livro de regras a proibição de tais cerimônias pois são "incompatíveis com doutrina cristã". Ela entende, porém, que homossexuais são pessoas "de valor sagrado" e os aceita como membros.

Segundo Ogletree, aquela regra contradiz o lema oficial da IMU - igreja de mentes, corações e portas abertas.  



Fonte: Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (ALC)

sábado, 25 de maio de 2013

“Missionária do aeroporto” evangeliza em Aracaju


 

Quem passou pelo Aeroporto Santa Maria em Aracaju (SE) deve ter visto a missionária Isaura Lima Lopes, 79 anos, usando mensagens para evangelizar a todos que passam por ela.
A aposentada “mora” nos aeroportos há 20 anos e diz que a decisão de sair de sua casa em Brasília para viajar levando a mensagem de Deus foi uma inspiração divina.
“Recebi um chamado de Deus”, disse ela em uma entrevista feita pela equipe do G1. Para poder fazer perguntas e ter respostas, a jornalista precisou escrever as perguntas em um papel, já que a aposentada tem problemas de audição.
Seu trabalho nos aeroportos se dá em conversar com Deus e com as pessoas. “Eu fico olhando para cima, conversando com o Senhor que geralmente me dá mais inspiração à noite. As pessoas que passam se interessam, conversam comigo e pedem orações. Espero ajudar muitas almas a se salvarem ao trazê-las para mais próximo de Cristo”.
Apesar da idade e dos poucos recursos financeiros, a idosa pretende sair de Aracaju nesta quinta-feira (25) e seguir para Salvador (BA). Os demais destinos que ela fará nos próximos meses são: Campinas (SP) e Porto Alegre (RS).
Para conseguir sobreviver como missionária de aeroportos, Isaura reserva R$200 que sobram da sua aposentadoria. Com um salário mínimo que recebe ela paga o aluguel de uma quitinete, a água e luz do local e ainda três empréstimos feitos para custear as passagens aéreas.
“Os R$ 200 que resta daria para eu sobreviver se estivesse em casa, mas nos aeroportos é tudo muito caro”, revelou a idosa que em Aracaju recebeu ajuda dos funcionários.
“Aqui em Aracaju o pessoal da segurança tem me ajudado bastante. Eu não peço nada a ninguém, mas Deus toca o coração dessas pessoas e elas me ajudam trazendo lanches”.
Para tomar banho ela utiliza os banheiros dos aeroportos e quando não há chuveiros ela improvisa um banho nos sanitários adaptados para deficientes físicos. Panos molhados servem para manter a higiene diária. Já para dormir, a aposentada não se incomoda de passar noites nas cadeiras nada confortáveis dos aeroportos.


Posicionamento oficial da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil a respeito de Objetivos Estratégicos do Plano Nacional dos Direitos Humanos (PNDH) que tratam da família




A Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, entidade que congrega os mais de 13.640 (Treze Mil Seiscentos e Quarenta), Pastores das Igrejas Batistas do território brasileiro, vem diante do público para se manifestar a respeito de Objetivos Estratégicos do Plano Nacional dos Direitos Humanos que redefinem a família.

CONSIDERANDO

-que os conceitos presentes no texto do PNDH confrontam e questionam de forma violenta e direta os valores e preceitos da Bíblia, norteadores da Igreja Cristã ao longo de sua história, sobretudo nas tentativas de descaracterizar a base da família e do casamento,

- que, a partir dos mais elementares princípios, têm sido o fundamento da construção da sociedade a partir do casal, homem (macho) e mulher (fêmea), que constitui o fundamento, base da família.

- que os conceitos presentes no texto do PNDH confrontam e questionam de forma violenta e direta os valores e preceitos disciplinados pela Constituição Federal que define o casamento como a união estável entre homem e mulher, conforme estabelece seu Art. 226, quando afirma que “A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado.” e em seu § 3º, que normatiza que, “para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento.”, que foi regulamentado pela Lei Nº 9.278, DE 10 DE MAIO DE 1996, ao afirmar em seu Art. 1º que “é reconhecida como entidade familiar a convivência duradoura, pública e contínua, de um homem e uma mulher, estabelecida com objetivo de constituição de família.”

- a gravidade dos  assuntos que estão sendo apreciados em anteprojetos de leis, os quais têm reflexos externos, imediatos  e contundentes na família que é e sempre foi no dizer, de Rui Barbosa "a célula mater da sociedade", tendo em vista estarem sendo fissurados os valores éticos e morais da sociedade, das organizações cristãs, e, sobretudo da  Igreja de um modo em geral;

- que iniciativas acolhidas pelas Diretrizes do PNDH tal como o Projeto de Lei da Câmara dos Deputados nº 122/2006 (Projeto de Lei nº 5003/2001), em tramitação no Senado Federal, que define como crime toda e qualquer manifestação contrária à orientação sexual da homossexualidade, afrontado de forma violenta e direta o Artigo 5º da Constituição Federal , ao tratar dos direitos e garantias fundamentais, afirmando que (Inciso IV) é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato; e que (Inciso VI) é inviolável a liberdade de consciência e de crença .... Além do mais, a Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948 expressa em seu Artigo 18 que todo homem tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião... e no Artigo 19 que toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar receber e transmitir informações e ideias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras;

- que o Inciso IX , do Art. 5º, da Constituição Federal , impede de maneira expressa e taxativa qualquer forma de censura, sem exceção, conforme assim disciplinado, outorgando à Carta Magna e à Lei Federal, a condição de  estabelecer os meios legais que garantam aos indivíduos de per si, e às famílias, a possibilidade de se defenderem de investidas que subvertem à ordem, à moral e aos bons costumes que deram fundamento à construção estável de nossa sociedade;

- que os dispositivos constitucionais garantem a defesa da  instituição familiar, não podendo ser desrespeitados os valores éticos, morais e sociais, nem da pessoa, nem da família, sendo este um corolário da  liberdade constitucional de cada brasileiro, de poder se expressar e de manifestar seu pensamento;

- que a Bíblia no Evangelho de Marcos (10.6) diz claramente que Deus criou homem e mulher (macho e fêmea), figuras principais e fundamentais para a criação do núcleo familiar, determinando inclusive, que ambos formem uma só carne, e ratificando numa demonstração de integridade e de unicidade da Bíblia, o que está disposto em Gênesis (capítulos 1 e 2), deixando bem clara a possibilidade de procriação e de multiplicação da espécie humana, que só pode se evidenciar plenamente por intermédio da conjunção carnal de um homem (de um  macho) com mulher (com uma fêmea), quando se efetiva a fecundação do óvulo com o  espermatozoide;

- que  a ética do evangelho nos desafia a uma relacionamento saudável respeitoso com Deus, conosco e com o próximo; sem sectarismo, mas com consciência das diferenças e das preferências do gênero humano, que não devem agredir e nem sofrer quaisquer agressões; tendo cada um, no exercício de seu arbítrio, a liberdade de fazer escolhas, empreender ações e construir a vida, sem prescindir dos direitos e deveres  que lhe sejam inerentes.

MANIFESTAMOS nossa posição contrária à redefinição da família incentivada no PNDH que se distancia frontalmente dos preceitos bíblicos e do que é estabelecido na própria Constituição Federal.

Assim, CONCLAMAMOS

- os representantes do povo no Congresso Nacional que se posicionem a favor da manutenção dos ideais expressos em nossa Constituição Federal, rejeitando qualquer dispositivo que subverta a constituição da família conforme preceitua a referida Constituição e a Bíblia;

- as demais instâncias da República, cidadãos e líderes de instituições sociais, que se unam em defender a manutenção saudável da família que, ao longo da história, tem sido o esteio de nossa sociedade;

- aos Pastores Batistas que continuem ensinando claramente os preceitos bíblicos sobre a família, garantindo, assim, o esclarecimento do povo de Deus que vive nesta Nação, bem como suas Igrejas e comunidades de modo a demonstrar a sociedade os benefícios que a família, biblicamente constituída, vem trazendo ao longo da história.

Rio de Janeiro, Maio de 2013.

Pr. Estevam Fernandes de Oliveira
Presidente

Pr. Augusto Rodrigues
Diretor Executivo


Fonte: Ordem dos Pastores Batistas do Brasil

Cristãos perseguidos, você se importa??



Você sabe, quem são os Cristãos secretos, já ouviu falar a respeito da igreja perseguida? Não? Então venha saber a respeito de nossos irmãos em CRISTO, que estão sofrendo perseguição, junte-se a nós em uma grande corrente de oração, que estará sendo realizada por mais de cinco mil igrejas  no dia 26 de Maio o Domingo da Igreja perseguida, estamos te aguardando na rua Eraldino Oliveira, 19 - Cajueiro Cabo Frio, teremos um Culto Especial, onde falaremos a respeito da Igreja perseguida, com músicas, palestras e filmes sobre a igreja perseguida, contamos com a sua presença, O culto Especial sobre a igreja perseguida será ás 19:00hs, mais estaremos em oração por todo o dia, faremos um relógio de oração em favor de nossos Irmãos perseguidos, caso não possa vir ao culto, venha durante o dia e faça uma oração por nossos irmão em CRISTO que sofrem perseguição, por causa do evangelho, ore divulgue e participe!!

DEUS ABENÇOE A TODOS!!! 

DIP – Domingo da Igreja Perseguida O que é?


   DIP - O que é?

DIP – Domingo da Igreja Perseguida - é um evento promovido pela Portas Abertas, que tem o objetivo de conscientizar e mobilizar a Igreja brasileira sobre a realidade dos cristãos que sofrem perseguição ao redor do mundo.

Em pleno século 21, cerca de 100 milhões de cristãos enfrentam hostilidade e perseguição religiosa pelo simples fato de seguir a Cristo. Essa intolerância acontece de várias maneiras: por meio do governo, da sociedade e, principalmente, da família. E, as represálias consequentes da profissão de fé destes irmãos são muitas vezes: encarceramento, agressões físicas e psicológicas, ameaças, perda de emprego, e morte.
O Domingo da Igreja Perseguida foi criado em 1987, pelo Irmão André (fundador da Portas Abertas) e tem sido realizado no Brasil desde 1988. A data em si varia de ano a ano, pois é marcada no domingo, logo após Pentecostes. Este critério foi adotado, porque no relato bíblico em Atos capítulo 4, o início das perseguições aos cristãos acontece logo após a descida do Espírito Santo, com a prisão de Pedro e João. Simbolicamente, portanto, podemos dizer que esta foi a “fundação” da Igreja Perseguida.
Realizar o DIP significa lembrar e agir em favor dessa parte do Corpo de Cristo, em países como Coreia do Norte, Irã, Afeganistão, Eritreia, Nigéria, Colômbia, entre outros.

Você pode mudar essa realidade!

Inscreva sua igreja, seja um organizador do DIP, incentive o seu líder e o seu pastor a disponibilizar o púlpito para falar da Igreja perseguida; apresentar peças de teatro; levantar ofertas; fazer bazares para levantar recursos; mobilizar a escola dominical, os jovens, os intercessores etc.
É preciso que não faltem intercessores, mensageiros e obreiros que se comprometam em fortalecer o Corpo de Cristo que enfrenta perseguição, em razão de sua fé em Jesus Cristo. Cremos que quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele.
“Esteja atento! Fortaleça o que resta e que estava para morrer!” Apocalipse 3.2 
Envolva-se!

DIP 2013

O próximo evento acontecerá no dia 26 de maio de 2013. Avise seu pastor e programe-se para realizar o DIP em sua igreja. Não desista! Continue agindo em favor de seus irmãos: torne-se um abençoador para aqueles que precisam permanecer firmes na linha de frente! Apresse o dia da vitória!

Click aqui e Cadastre a sua igreja!

Para fazer o cadastro ou obter mais informações acesse o site do DIP ou da  Missão Portas Abertas: 
http://www.domingodaigrejaperseguida.org.br
http://www.portasabertas.org.br/

Participe do DIP - Domingo da Igreja Perseguida

Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidos


A Portas Abertas convida a todos a participarem do DIP, evento de oração e mobilização em favor dos cristãos que sofrem porque escolheram seguir a Cristo. Para mais informações, ou para inscrever sua igreja, 

acesse: www.domingodaigrejaperseguida.org.br

Assista o Vídeo:



Fontewww.domingodaigrejaperseguida.org.br

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Urgente: Pais assistam o vídeo da Dra. Damares Alves que denuncia o que estão fazendo com nossas crianças nas escolas do Brasil


Numa mensagem dada na Primeira Igreja Batista de Campo Grande, a Dra. Damares Alves deu um alerta muito forte para os pais do Brasil sobre o que está acontecendo com seus filhos nas escolas.

A mensagem, que foi gravada em vídeo é impactante pela crueldade psicológica com que estão sendo tratadas as crianças das escolas do Brasil.

A mensagem foi uma surpresa para a Dra. Damares, que nem sabia que sua mensagem estava sendo gravada.

Mas tudo ali é real.

Tenho contato com a Dra. Damares desde pelo menos 1999 ou 2000, e sua preocupação pelas crianças é séria e a tem envolvido em todos os tipos de embates com forças hostis ao bem-estar das crianças. Ela é, por exemplo, uma lutadora contra o infanticídio indígena, um dos maiores e mais covardes crimes permitidos pelo Estado brasileiro.

Mas ela sempre trabalhou nos bastidores, nunca permitindo que seu nome fosse divulgado, a fim de evitar a perseguição de certas forças ocultas. Muitas das matérias de alerta que fiz durante anos teriam sido impossíveis sem a ajuda dela.

Oremos por ela, pois sua mensagem no YouTube poderá atrair a fúria dessas forças sinistras que têm amplo apoio do Estado para promover suas maldades contra as crianças.

Divulgue esta mensagem e vídeo a todos os seus amigos.



Fonte: Blog do Julio Severo
Via:http://libertosdoopressor.blogspot.com.br

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Samuel Câmara é desligado da CGABB


Algum tempo atrás, coloquei em meu coração que não iria mais escrever sobre política eclesiástica assembleiana neste blog. Mas abro uma exceção para este episódio triste e constrangedor.

Desde que me converti ao Senhor Jesus Cristo, tive a firme convicção que deveria ter Deus em primeiro lugar, colocar a religião muito abaixo de interesses espirituais. E assim, mesmo congregando na Assembleia de Deus, onde estavam meus pais e onde encontrei minha esposa com quem estou casado há quase 30 anos, nunca nutri um sentimento exacerbado pela placa denominacional. Nunca enfatizei a AD ao evangelizar quem quer que fosse.
Tomei conhecimento da existência da instituição paraeclesiástica Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) ainda em meus primeiros passos de fé. Foi através de uma notícia negativa: pastores fizeram uma reunião e desligaram o irmão Manoel Ferreira, da Assembleia de Deus Madureira / Brás.

Agora, outro fato parecido ocorre. Pastores reúnem-se e afastam mais um pastor da instituição: Samuel Câmara, líder da Assembleia de Deus em Belém do Pará, o ministério onde os missionários suecos começaram o trabalho missionário no Brasil. Tenho comigo que este passo político e nada espiritual terá um desdobramento muito grande, que talvez cause uma grande surpresa ruim aos promotores da exclusão de Câmara. Por quê? Porque no passado não havia internet, nos idos de 1980 era possível abafar assuntos considerados inconvenientes. É esperar para ver a repercussão.

A notícia em detalhes poderá ser lida nos blogs Point Rhema e Geremias do Couto.
Coisas assim reforçam meu pensamento que seria uma grande bênção para a Assembleia de Deus se a CGADB fosse dissolvida. A instituição é causadora de escândalos por parte de pastores, não edifica ninguém, atrapalha, o que causa muita vergonha aos assembleianos que estão na denominação para louvar ao Senhor.

Um artigo escrito alguns anos atrás neste blog: CGADB pra quê?


E.A.G.

Fonte http://belverede.blogspot.com.br/2013/05/samuel-camara-e-desligado-da-cgabb.html

terça-feira, 21 de maio de 2013

Juiz de paz do Pará pede demissão para não celebrar casamento LGBT

Juiz de paz alega que decisão do CNJ contraria "princípios celestiais".

Cartório de Redenção diz que não pode haver discriminação.

Juiz de paz José Gregório prefere se demitir a
celebrar casamento gay em Redenção, no Pará.
(Foto: João Lúcio/Arquivo pessoal)


O juiz de paz do Cartório do Único Ofício de Redenção, sudeste do Pará, pediu demissão do cargo após decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que obriga os cartórios a realizarem casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ele alega que "o casamento homoafetivo fere os princípios celestiais”.
Nomeado para o cargo há sete anos, José Gregório Bento, 75 anos, há mais de quatro décadas é pastor da Igreja Assembleia de Deus, e trabalha como voluntário no cartório civil da cidade, fazendo conciliações e celebrando casamentos.
Segundo o pastor, ele protocolou a demissão porque se recusa a obedecer a decisão CNJ, publicada no último dia 14 de maio, que obriga os cartórios de todo o país a celebrar o casamento civil e converter a união estável homoafetiva em casamento.
“Deus não admite isso. Ele acabou com Sodoma por causa desse tipo de comportamento”, declarou José Gregório. “Acho essa decisão horrível. Ela rompe com a constituição dos homens, mas não vai conseguir atingir a constituição celestial”, completa.
Entenda a decisão do CNJ
O Conselho Nacional de Justiça, órgão de controle externo das atividades do Poder Judiciário, obrigou todos os cartórios do país a cumprirem a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de maio de 2011, de realizar a união estável de casais do mesmo sexo. Além disso, obrigou a conversão da união em casamento e também a realização direta de casamento civil entre pessoas do mesmo sexo. Leia mais
Segundo Gregório, ele recebeu a notificação de que não poderia se recusar a fazer casamentos homoafetivos nesta segunda-feira (20) mas afirmou que, desde a publicação da decisão da Justiça, já havia tomado a decisão de abrir mão do cargo. “Não há lei dos homens que me obrigue a fazer aquilo que contrarie os meus princípios”, alega. “Existe ai uma provocação para um grande tumulto no nosso país. Deus fez o homem e a mulher para a procriação, para reproduzir. Não sei onde vai chegar isso”, questiona.
O pastor afirma ainda que solicitou a demissão ao titular do cartório, Isaulino Pereira dos Santos Júnior, mas que o tabelião pediu que ele permanecesse no cargo. “Ele me pediu para eu ficar e disse que caso alguém solicitasse o pedido de casamento homoafetivo, outro juiz de paz seria chamado para realizá-lo. Mas aqui, graças a Deus,  ainda não chegou ninguém pedindo o casamento homoafetivo".

Cartório nega discriminação
Procurado pelo G1, o titular do cartório civil de Redenção negou a versão do pastor. “De fato, ele pediu afastamento do cargo na quarta-feira passada (15), alegando que iria mudar de cidade para cuidar da esposa que estaria internada na UTI de Goiânia, mas não falou nada sobre se recusar a fazer casamentos entre pessoas do mesmo sexo”, alegou Isaulino.
Ainda de acordo com o titular do cartório, caso o pastor tivesse pedido exoneração porque não aceita o casamento homoafetivo, ele seria imediatamente afastado do cargo. “Eu iria acatar o afastamento, porque não pode haver discriminação. Caso ele queira sair por esse motivo, eu vou solicitar imediatamente ao juiz da comarca outro juiz de paz”, afirma Santos Júnior, que garante ainda que o pastor não entregou ao cartório nenhuma solicitação oficial de demissão do cargo.
Segundo o presidente da Associação dos Magistrados do Pará (Amepa), Heyder Ferreira, o juiz de paz pode pedir demissão se discordar de uma decisão do CNJ. “Se ele continuar no cargo, é obrigado a cumprir a determinação, mas por ser voluntário, não podemos impor. O cartorário, em compensação, é obrigado a cumprir a determinação”, explica.

De acordo com o último levantamento realizado pelo IBGE, no Censo 2010, 1.782 pessoas declararam viver em casamento entre pessoas do mesmo sexo no Pará.
Esta reportagem foi sugerida por um leitor. Envie também sua sugestão através do VC no G1.

sábado, 18 de maio de 2013

Igreja Renascer cria ‘dízimo’ com seguro e sorteio na Loteria Federal




A criatividade das igrejas na tentativa de tirar cada vez mais dinheiro dos fiéis é algo realmente surpreendente. A última novidade é a “oferta” que a Igreja Renascer está “desafiando” seus fiéis a fazer. Veja como ela funciona: o fiel aceita o desafio de pagar R$ 2,00 por dia, em parcelas mensais de R$ 60, durante um ano.
Durante todo esse período, enquanto ele pagar em dia, ele terá direito a três

Durante todo esse período, enquanto ele pagar em dia, ele terá direito a três benefícios garantidos pela empresa Mongeral (que ficou muito conhecida no Brasil na década de 70 ao vender previdência privada a incautos). Os benefícios são: indenização em caso de morte, acidente e ainda o fiel receberá números todos os meses com os quais ele concorrerá a prêmios de R$ 5.000 a serem sorteados pela Loteria Federal.

Detalhe: essa contribuição de R$ 60 por mês NÃO FAZ PARTE do dízimo, que continua sendo obrigatório para os fiéis, que doam de 10% a até 30% de seus ganhos, voluntariamente à Renascer. Além do dízimo, todos os meses são feitos novos “desafios” instando os fieis a contribuir com mais dinheiro ou doar bens.

A Renascer é uma polêmica igreja evangélica que também se vale dos princípios da teologia da prosperidade. Grosso modo, a do “é dando que se recebe”. Quanto mais você dá à igreja, mais recebe de Deus. Bem, é uma questão de fé.

Em janeiro deste ano, os líderes da Renascer, Estevam e Sônia Hernandes foram listados em 5º lugar entre os religiosos mais ricos do Brasil, com uma fortuna avaliada em R$ 120 milhões de reais. Em primeiro lugar ficou o bispo Edir Macedo, da Igreja Universal, com R$ 2 bilhões.

Ambos foram presos pela polícia dos EUA entre 2007 e 2008, condenados por contrabando de dinheiro e conspiração para contrabando de dinheiro. Estevam e Sônia fora presos quando desembarcavam nos EUA com US$ 56,4 mil escondidos em uma bolsa, dentro de uma Bíblia, em um porta-CDs e em uma mala. Pela lei, eles deveriam ter informado, na alfândega, que portavam mais de US$ 10 mil.

No Brasil, os principais processos contra eles já foram extintos.

Clique Aqui e assista a notícia diretamente do site do TV UOl.

Fonte: http://domingosmassa.com/2013/05/14/igreja-renascer-cria-dizimo-com-seguro-e-sorteio-na-loteria-federal/




Via:http://www.webevangelista.com/2013/05/igreja-renascer-cria-dizimo-com-seguro.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+WagnerLemos+%28Wagner+Lemos%29

Evangélica assassinada em Caruaru: Mídia ignora intolerância religiosa. Se fosse um gay morto...



A grande imprensa brasileira e consequentemente a mídia mundial ignorou um crime bárbaro acontecido na última terça-feira (14) na cidade de Caruaru, agreste de Pernambuco. Um pedreiro invadiu uma igreja evangélica e saiu atirando para todo lado. Atingiu quatro pessoas, e uma delas (na foto) morreu na hora. O motivo? Ele não admitia que seus três filhos fosses evangélicos. Não houve nenhum destaque, os grandes sites de notícias, os mais importantes canais de televisão, os jornais impressos, ninguém ficou chocado com a atitude macabra do cruel assassino.

Se fosse um pai que não aceitasse a decisão de seu filho de tornar-se um gay e resolvesse matá-lo? Como reagiria a imprensa? O que diriam os defensores dos direitos humanos? Com certeza as manchetes seriam dominadas por expressões indignadas. Possivelmente políticos, representantes dos poderes judiciário e executivo estariam com as atenções voltadas para Caruaru.

Mas, foi "apenas" uma evangélica que perdeu a vida. Foi "apenas" um homem chateado pelo fato de seus filhos terem se tornado protestantes, crentes ou evangélicos.

A mesma sociedade que não aceita qualquer tipo de vestígio de prática homofóbica, absorve com naturalidade atos evangelicofóbicos. É uma realidade brasileira. Desde quando o Brasil é Brasil, evangélicos são perseguidos, maltratados e discriminados, em muitos casos patrocinados pela religião ainda predominante no país. Infelizmente, os seguidores desta religião foram bastante orientados para menosprezar os que se tornavam "bíblias", "bodes" ou "protestantes". Hoje, mesmo com este ensinamento praticamente não sendo mais dado oficialmente, ainda há muito ódio contra os evangélicos por todo o Brasil. O crime de Caruaru não é um ato isolado.

Quando algum gay é atacado, mesmo que não seja por conta da sua opção sexual, logo os ativistas de plantão erguem a voz revoltados com mais um ato "homofóbico". Quando um evangélico é atingido por causa de sua fé, no entanto, há uma frieza quanto a questão, e praticamente nada acontece. Alías, dá-se um destaque especial, se um evangélico for suspeito da prática de algum crime.

Outro exemplo do caráter diferenciado dado aos evangélicos é quando há alguém professando a fé evangélica em uma das novelas globais, via de regra o papel é de um mal evangélico, já quando há personagens gays, eles costumam ocupar as posições de destaque na trama. E isso não é por acaso.

Há inclusive no parlamento brasileiro Projetos de Lei que tem como objetivo criminalizar a chamada "homofobia", inclusive em situações que tratar-se-iam apenas de se emitir uma opinião, ou discordância da prática gay. Enquanto isso, não há nenhum Projeto de Lei tramitando no Congresso Nacional que trate de evangelicofobia.

Chega de uma imprensa e de um poder público tão tendencioso pró gays e anti-evangélicos. Se estamos num país democrático, todos precisam ser tratados iguais perante a lei. Quando Vicente, o assassino de Caruaru, for preso que ele seja tratado com todo o rigor da lei. Não é possível admitir tamanho ato de intolerância religiosa sem uma atitude firme do governo e da justiça brasileira.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

O braço forte de Deus


Ministérios RBC

Leitura: Êxodo 6:1-8 
…vos resgatarei com braço estendido… —Êxodo 6:6
Minha amiga Joana queria muito se tornar pianista clássica, viajar e apresentar-se como solista ou pianista de outra pessoa. Durante o curso superior de piano, ela teve tendinite no braço direito e ficou debilitada demais para participar do recital solo obrigatório. Acabou colando grau em história e literatura da música.
Ela conhecia Jesus como seu Salvador, mas tinha se rebelado contra Ele durante vários anos. Depois, por meio de outras circunstâncias difíceis, percebeu o Senhor estendendo-lhe a mão e voltou-se para Ele. Finalmente, seu braço se fortaleceu e seu sonho de viajar e tocar se realizou. Diz ela: “Agora, posso tocar para a glória de Deus, não para a minha própria. Seu braço estendido restaurou a minha vida espiritual e a força em meu braço, para capacitar-me a servi-lo com o dom que Ele me concedeu.”
O Senhor prometeu a Moisés que o Seu braço estendido resgataria os israelitas do cativeiro no Egito (Êxodo 6:6). Ele cumpriu aquela promessa, embora Seu povo frequentemente rebelde duvidasse (14:30-31). O poderoso braço de Deus está estendido também para nós. Independentemente do resultado de nossa situação, podemos confiar que Ele realizará Sua vontade para cada um de Seus filhos. Podemos depender do braço forte de Deus.
—AMC
Com o poder de Deus na retaguarda e amparado em Seus braços, você pode enfrentar o futuro.
Fonte:NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO/Ministerios RBC

Editora Oxigênio investe em autores nacionais evangélicos



A Editora Oxigênio que têm publicado obras de autores internacionais como Reuben Archer Torrey, Charles Haddon Spurgeon, Sadhu Sundar Singh, entre outros, agora estará se dedicando aos novos autores cristãos brasileiros. A editora busca auxiliar pastores, líderes cristãos e autores evangélicos em todo o Brasil na publicação de seus livros. A mesma está recebendo originais para avaliação pelo site www.editoraoxigenio.com.br.


Basta o autor acessar a seção Publique e preencher o formulário de cadastro para envio de sua obra para avaliação.


A Editora Oxigênio é um selo editorial da Editora Dracaena e é dirigida pelo escritor e editor Léo Kades. Com sede em Santa Catarina, ela tem como missão publicar livros que possam trazer qualidade de vida e bem estar aos seus leitores.Com anos de experiência no mercado editorial brasileiro e contando com cerca de 200 obras editadas e publicadas, a empresa oferece o suporte necessário ao novo autor na realização de seu sonho, contando com uma equipe de revisores, designers e diagramadores, além de assessoria editorial personalizada para cada projeto. Através de parceiros comerciais no Brasil e no mundo, a editora distribui livros no formato físico e digital por meio de importantes canais de vendas como: Saraiva, Livraria Cultura, Cia dos Livros, Siciliano, Amazon, Kobo, entre outros.

Conheça experiências de sucesso e confira os depoimentos de alguns autores que escolheram aEditora Oxigênio para a publicação de seus livros.


Autora Wilma Rejane: 2 livros publicados




1- Como foi o processo para chegar até a editora Oxigênio.


Conheci a Oxigênio através da internet, especificamente do Léo Kades e seu livro “O Amor Tudo Vence”. E quando surgiu a oportunidade de lançar meu primeiro livro, fiz contato com a editora e posso afirmar que existe um grande diferencial no atendimento a novos autores e relação editora/autor na Oxigênio.


Eles sonham junto com o autor e isso é importante porque o processo de publicação se torna agradável e não desgastante, prático e possível.


2 - Conte um pouco sobre sua experiência com a editora Oxigênio.

Tive oportunidade de contatar muitas editoras, mas em nenhuma encontrei uma equipe de trabalho que se comparasse a da Oxigênio. A diferença é percebida logo no atendimento com o editor, ele pessoalmente conversa com os autores o que é muito raro de acontecer. Nesse universo editorial brasileiro, novos autores são desconsiderados, até provarem ter potencial de venda e de trabalho o que leva certo tempo, enquanto isso, amargam e sofrem o desprezo de editoras que preferem publicar quem já é popular e consagrado ou quem pague muito caro para ver sua obra pronta e no mercado.


3 - Fale sobre o livro final, capa, papel, diagramação, etc..

Acredito que o grupo Oxigênio tem prosperado também pelo alto padrão de qualidade dos livros lançados. Cada detalhe é uma obra prima, feita com muito esmero. As capas são indiscutivelmente lindas e tudo o mais é bem trabalhado. A Oxigênio nada deixa a desejar em termos de qualidade de material publicado. Quem publica uma vez por essa editora, volta sempre (risos), é um negócio que conquista, sabe? É como o selo Heima que estão lançando agora que significa “em casa”, é bem assim, na Oxigênio o autor se sente em casa. Todos da editora estão de parabéns, inclusive os novos autores que publicam por ela.


Autor Pr. Markus Eberhart: com 5 livros publicados.




1 – Como foi o processo para chegar até a editora Dracaena.
O meu relacionamento com o Léo Kades e sua editora começou há três anos, com a publicação de quatro livros. O Léo tem um caráter excepcional, muito responsável, ético e com visão de expansão. Ele é um idealista, com experiência no ramo de produção literária, muito bem assessorado por sua equipe. Tem sido muito fácil trabalhar sob a supervisão do Kades.
2 – Conte um pouco sobre sua experiência com a editora Oxigênio.
Só tenho elogios a tecer no que diz respeito a todo o processo gráfico-literário. Estou na minha quinta publicação com a editora e nada tenho que objetar. A editora tem sido a grande parceira na concretização dos meus sonhos e projetos.
3 – Fale sobre o livro final, papel, diagramação, etc..
O livro Liderança Espiritual foi elaborado por uma excelente equipe de profissionais. O papel usado na impressão é da mais alta qualidade. A editora atinge um impressionante grau de excelência em suas publicações. Estou muito satisfeito com a parceria.




quarta-feira, 15 de maio de 2013

Aldeia cristã na Nigéria é completamente destruída


Girls Nigéria.jpg
A Nigéria é uma nação dividida entre cristãos e muçulmanos. Samaila Musa, nigeriano correpondente internacional da Portas Abertas que esteve no Brasil há poucos meses, contou: “Existem casos em que muçulmanos são atacados por muçulmanos por terem protegido os cristãos. Muitas igrejas já foram destruídas e para reconstruí-las é muito difícil. O número de viúvas é imenso”

Colaboradores da Portas Abertas na África receberam ontem (14), a notícia de que membros do grupo extremista Boko Haram atacaram a aldeia Zangan, comunidade predominantemente cristã, localizada no Estado nigeriano de Kaduna. O ataque ocorreu por volta da meia-noite de domingo para segunda-feira (13), e o número de vítimas é desconhecido.

A informação que chegou até a Portas Abertas é que toda a aldeia foi destruída, incluindo igrejas e casas. O chefe da aldeia fugiu e ainda não foi encontrado; sua residência foi completamente queimada. Moradores de Zangan têm abandonado suas propriedades por medo da violência crescente.

Fontes locais afirmaram que o Boko Haram havia prometido, anteriormente, a destruição das comunidades cristãs localizadas ao sul de Kaduna. Ainda não se tem todos os detalhes, mas acredita-se que esta área foi atingida por um ataque semelhante há cerca de 4 semanas.

A Nigéria está no 13º lugar da Classificação de países por perseguição. Neste exato momento, pare por alguns minutos e ore especificamente pelos cristãos ao sul de Kaduna e, em particular, por aqueles que viviam na aldeia Zangan e que agora estão desabrigados. “A oração de um justo pode muito em seus efeito.” (Tg 5.16)
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoAna Luíza Vastag

Líder da 'igreja da maconha' é condenado por tráfico de drogas



O líder da Primeira Igreja Niubingui Etíope Coptic de Sião do Brasil, conhecida como "igreja da maconha", foi condenado pela Justiça de Americana, no interior de São Paulo, a 14 anos, dois meses e 20 dias de prisão por tráfico de drogas.

Geraldo Antonio Baptista, conhecido como Rás Geraldinho Rastafári, 53, teve sua pena ampliada por ter participação de menor e por associação ao tráfico.

A condenação ainda prevê que Rás Geraldinho pague 2.132 dias multa, equivalente a R$ 48,1 mil, e determinou que o réu não possa recorrer em liberdade. A defesa afirmou que vai apelar da decisão. Geraldinho foi preso em flagrante no dia 15 de agosto de 2012, em sua casa, quando foram encontrados 37 pés de maconha. Na época, dois jovens de 18 anos foram presos e um adolescente foi apreendido.

Em sua defesa, o líder da igreja da maconha afirmou que a planta é cultivada para uso religioso, o que é permitido pela legislação brasileira, e consumida apenas no culto. O juiz Eugênio Augusto Clementi Júnior não acolheu a sustentação. Para o magistrado, há "farta prova produzida no processo que desmente a alegação da defesa de que o consumo da maconha era feito de forma ritual".

A mulher de Geraldinho, Marlene Martim, que comanda a igreja desde que o marido foi preso, afirmou que não imaginava que “o juiz seria tão cruel na sentença, sem levar em consideração a questão religiosa”. Ela ainda disse que há uma mobilização nas redes sociais em defesa do líder religioso, e que irão promover uma marcha em Campinas. 

Informações do UOL.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Tornando-se

Ministérios RBC

Leitura: Lucas 2:41-52 
E crescia Jesus em sabedoria, estatura e graça, diante de Deus e dos homens. —Lucas 2:52
Cresci numa cidade pequena. Ninguém lá era famoso. Nenhuma rua era movimentada. Não havia muita coisa para fazer. Contudo, sempre fui grata por minha criação calma e descomplicada.
Certa noite, quando meu marido e eu participávamos de um jantar de negócios, uma nova conhecida me perguntou de onde eu era. Quando lhe contei, ela disse: “Você não fica constrangida de admitir isso?”
Não sabendo se ela estava brincando, simplesmente respondi: “Não”.
Embora, às vezes, minha cidade fosse menosprezada por sua falta de sofisticação, não lhe faltavam coisas que importam. Minha família fazia parte de uma igreja na qual os pais criavam os filhos “…na disciplina e na admoestação do Senhor” (Efésios 6:4).
Jesus também cresceu numa cidade pequena: Nazaré. Um homem chamado Natanael perguntou: “…De Nazaré pode sair alguma coisa boa?…” (João 1:46). Jesus provou que a resposta é sim. Embora tivesse crescido num lugar insignificante, Ele foi a pessoa mais significante de toda a história.
A experiência me ensinou e as Escrituras confirmam que não importa onde você cresceu, mas como cresceu. Às vezes, sentimo-nos insignificantes em comparação a pessoas sofisticadas de lugares proeminentes. Mas, temos valor para Deus e Ele pode nos fortalecer no espírito e encher-nos com Sua sabedoria.
—JAL
O que nos tornamos é mais importante do que o local de onde viemos.
Fonte: NOSSO ANDAR DIÁRIO/NOSSO PÃO DIÁRIO/Ministerios RBC

LANÇAMENTO DO MEU LIVRO, EM BREVE

Postagens Recentes